Misery: louca obsessão – Stephen King

Misery: louca obsessão – Stephen King

Paul Sheldon, um famoso escritor, tem sua vida transformada em um pesadelo sem fim, quando em uma terrível nevasca perde a direção do carro e sofre um acidente horrível, quebrando uma perna, deslocando a bacia e esmagando o joelho. Mas o pior ainda estava por vir. Pois ele é ajudado por sua fã nº 1, que colocará em cárcere o pobre escritor, até que ele escreva um final feliz para Misery Chastain, sua personagem preferida.

Paul Sheldon, um famoso escritor, tem sua vida transformada em um pesadelo sem fim, quando em uma terrível nevasca perde a direção do carro e sofre um acidente horrível, quebrando uma perna, deslocando a bacia e esmagando o joelho. Mas o pior ainda estava por vir. Pois ele é ajudado por sua fã nº 1, que colocará em cárcere o pobre escritor, até que ele escreva um final feliz para Misery Chastain, sua personagem preferida.

 

16 comentários em “Misery: louca obsessão – Stephen KingAdicione o seu →

  1. Stephen King é, sem dúvidas, um dos melhores escritores da atualidade, as vezes nem por um enredo irreverente, mas pela sua narrativa completamente apaixonante. Angústia é um dos seus melhores livros e um dos melhores livros que eu li na vida. O traçado psicológico dos personagens é impecável, a trama é envolvente e o desenrolar dos fatos é, de fato, angustiante. A única coisa meio aleatória no livro é a tradução do título, "Misery" no original para Angústia o.o

  2. Terminei de ler esse livro no fim de semana e é ótimo, assim como todos do Stephen King! Muito obrigada por disponibilizar para download. Gostaria de ver por aqui também "O Talismã" e "A Casa Negra" que ainda não li e parecem ser muito bons.

  3. Me lembrei do filme. Excelente. Prende a atenção (e o fôlego) do começo ao fim. Kathy Bates em uma atuação primorosa. Espero que o livro seja tão envolvente quanto o filme (e, geralmente, o é).

  4. Sou apaixonada por Stephen King e estou para dizer que Angústia é um dos meus favoritos dele justamente pela Annie Wilkes.

    Uma vilã contraditória que não sabe agir diante do amor que sente pelo escritor Paul Sheldon. É quando realmente o amor cruza a linha tênue que o separa do ódio.

    É o tipo de livro que eu não canso de reler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *