Mentiram para mim sobre o desarmamento – Flavio Quintela, Bene Barbosa

Mentiram para mim sobre o desarmamento – Flavio Quintela, Bene Barbosa

Depois do sucesso de Mentiram (e muito) para mim, Flavio Quintela faz uma parceria de peso com Bene Barbosa para compor esta excepcional obra, que deixa as mentiras sobre o desarmamento de civis nuas no meio da sala.

Aos que já conhecem o assunto, o livro oferece ótimas referências e informações precisas aos que não têm opinião formada, ou àqueles cujo conhecimento é restrito à mídia e às campanhas do governo, o livro é um ponto de inflexão, um divisor de águas, com sua clareza e assertividade.

Com uma linguagem direta e um ritmo agradável, Mentiram para mim sobre o desarmamento é leitura mais que necessária para todos os que defendem as liberdades inegociáveis dos indivíduos. Numa época de recrudescimento de tantos regimes totalitários, é uma mensagem imprescindível e um alerta essencial.

Depois do sucesso de Mentiram (e muito) para mim, Flavio Quintela faz uma parceria de peso com Bene Barbosa para compor esta excepcional obra, que deixa as mentiras sobre o desarmamento de civis nuas no meio da sala.

Aos que já conhecem o assunto, o livro oferece ótimas referências e informações precisas aos que não têm opinião formada, ou àqueles cujo conhecimento é restrito à mídia e às campanhas do governo, o livro é um ponto de inflexão, um divisor de águas, com sua clareza e assertividade.

Com uma linguagem direta e um ritmo agradável, Mentiram para mim sobre o desarmamento é leitura mais que necessária para todos os que defendem as liberdades inegociáveis dos indivíduos. Numa época de recrudescimento de tantos regimes totalitários, é uma mensagem imprescindível e um alerta essencial.

Sobre os autores

Bene Barbosa é um dos mais importantes líderes da luta pelos direitos individuais no Brasil. Bacharel em Direito e especialista em Segurança Pública, atua desde a década de 90 para garantir às pessoas honestas e cumpridoras da lei a liberdade de possuírem armas de fogo. Em 2004, decidiu profissionalizar a luta contra o desarmamento civil e fundou o Movimento Viva Brasil, que se tornou referência nacional e internacional. No ano seguinte, foi convidado para integrar a Frente Parlamentar pelo Direito à Legítima Defesa e tornou-se um dos mais importantes coordenadores da campanha vitoriosa do “Não”, no referendo de 2006. É autor de mais de uma centena de artigos publicados nos principais jornais e revistas do país, participa de debates e é convidado com frequência para as audiências públicas do Congresso Nacional.

Flavio Quintela – Nascido em 22 agosto de 1975, casado com Alessandra, é formad em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas. Trabalhou no setor de consultoria e engenharia em grandes multinacionais e acumulou vasta experiência na área de educação e línguas.

Atualmente dedica-se à literatura, tendo traduzido diversas obras de ficção, política e filosofia do Inglês para o Português, e revisado outras tantas. Tem um blog, Maldade Destilada, onde publica artigos sobre política, e também é colunista do portal de notícias Mídia Sem Máscara. Esta obra é sua estréia como escritor.

1 comentário em “Mentiram para mim sobre o desarmamento – Flavio Quintela, Bene BarbosaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *