Mente comum: Um diálogo entre o zen-budismo e a psicanálise – Barry Magid

Mente comum: Um diálogo entre o zen-budismo e a psicanálise – Barry Magid

A boa terapia e a prática zen podem ajudar muito a revelar o material doloroso e oculto de nossas vidas. Tendem a diferir na forma como lidam com o que é revelado. Um terapeuta que é praticante de zen tratará desse material, tanto em si mesmo como no trabalho com os clientes, de modo muito diferente do que faria antes de começar a prática zen. Com frequência meus alunos terapeutas me falam da maneira como encaram seu trabalho agora é muito tocante para eles e para mim quando uma transformação genuína começa a substituir todas aquelas tentativas fúteis de ajudar e corrigir.O processo orgânico de transformação muda tudo que fazemos, mas não é uma mudança que vem com o nosso próprio esforço. É apenas a vida acontecendo através da mente e do corpo. E embora seja sempre surpreendente, poderoso e maravilhoso, é também bastante comum – tão comum como descascar cenouras.Barry Magid leva essa perspectiva transformada de sua própria prática e ensino do zen para a maneira como faz psicoterapia. Mente comum é uma excelente discussão sobre um assunto vital. Espero que muitos terapeutas leiam este livro com atenção e consideração, para seu próprio benefício e para uma melhor contribuição para as vidas de seus clientes. Neste livro, todos, em terapia ou não, podem aprender muito sobre a verdadeira causa e o verdadeiro fim do sofrimento, e sobre como vivenciar a vida por inteiro, como ela é.

A boa terapia e a prática zen podem ajudar muito a revelar o material doloroso e oculto de nossas vidas. Tendem a diferir na forma como lidam com o que é revelado. Um terapeuta que é praticante de zen tratará desse material, tanto em si mesmo como no trabalho com os clientes, de modo muito diferente do que faria antes de começar a prática zen. Com frequência meus alunos terapeutas me falam da maneira como encaram seu trabalho agora é muito tocante para eles e para mim quando uma transformação genuína começa a substituir todas aquelas tentativas fúteis de ajudar e corrigir.O processo orgânico de transformação muda tudo que fazemos, mas não é uma mudança que vem com o nosso próprio esforço. É apenas a vida acontecendo através da mente e do corpo. E embora seja sempre surpreendente, poderoso e maravilhoso, é também bastante comum – tão comum como descascar cenouras.Barry Magid leva essa perspectiva transformada de sua própria prática e ensino do zen para a maneira como faz psicoterapia. Mente comum é uma excelente discussão sobre um assunto vital. Espero que muitos terapeutas leiam este livro com atenção e consideração, para seu próprio benefício e para uma melhor contribuição para as vidas de seus clientes. Neste livro, todos, em terapia ou não, podem aprender muito sobre a verdadeira causa e o verdadeiro fim do sofrimento, e sobre como vivenciar a vida por inteiro, como ela é.

Quer baixar rapidamente e sem propaganda? Faça sua assinatura clicando aqui

1 comentário em “Mente comum: Um diálogo entre o zen-budismo e a psicanálise – Barry MagidAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *