Marlon Brando: A face sombria da beleza – François Forestier

Marlon Brando: A face sombria da beleza – François Forestier

Como o homem de uma beleza inimaginável, de uma sedução extraordinária, de um talento sem igual pôde se transformar num fantasma obeso que se afundou na tragédia? Que não parou de depreciar sua profissão? Que não sabia quantos filhos tinha? Que assistiu, impotente, ao crime cometido por seu filho e ao suicídio da filha? Como Don Juan, ele teve todas as mulheres que desejou – Ava Gardner, Shelley Winters, Ursula Andress, Marilyn Monroe, Pier Angeli, Vivien Leigh, Rita Moreno – e foi desejado por muitos homens, Tennessee Williams, Jean Cocteau, Laurence Olivier, entre outros. Teve três esposas e um amigo. As esposas passaram, o amigo ficou com ele até o fim – Christian Marquand, comediante do filme ‘E Deus criou a mulher’, único ponto de apoio da vida de Brando. ‘Marlon Brando – A face sombria da beleza’, biografia extremamente bem-documentada, relata o declínio de um dos maiores e mais belos atores de todos os tempos.

Marlon-Brando-A-face-sombria-Francois-ForestierComo o homem de uma beleza inimaginável, de uma sedução extraordinária, de um talento sem igual pôde se transformar num fantasma obeso que se afundou na tragédia? Que não parou de depreciar sua profissão? Que não sabia quantos filhos tinha? Que assistiu, impotente, ao crime cometido por seu filho e ao suicídio da filha? Como Don Juan, ele teve todas as mulheres que desejou – Ava Gardner, Shelley Winters, Ursula Andress, Marilyn Monroe, Pier Angeli, Vivien Leigh, Rita Moreno – e foi desejado por muitos homens, Tennessee Williams, Jean Cocteau, Laurence Olivier, entre outros. Teve três esposas e um amigo. As esposas passaram, o amigo ficou com ele até o fim – Christian Marquand, comediante do filme ‘E Deus criou a mulher’, único ponto de apoio da vida de Brando. ‘Marlon Brando – A face sombria da beleza’, biografia extremamente bem-documentada, relata o declínio de um dos maiores e mais belos atores de todos os tempos.