John Lennon em Nova York: Os anos de revolução – James A. Mitchell

John Lennon em Nova York: Os anos de revolução – James A. Mitchell

Biografia única e ilustrada, John Lennon em Nova York revela como foi a pouco conhecida fase pós-Beatles vivida por um dos maiores artistas do século XX. O ativismo político, a evolução musical, a relação com a esposa Yoko Ono e com os antigos companheiros de banda foram alguns dos temas abordados com deliciosas minúcias pelo autor, o jornalista norte-americano James A. Mitchell. Um dos maiores valores da obra está na revelação de detalhes inéditos sobre Lennon, sobretudo os relacionados à busca frenética pela enteada, Kyoko Cox, nos EUA. Autor de outros livros sobre jornalismo, rock e guerra, James A. Mitchell recorreu a entrevistas inéditas com os membros da banda norte-americana de Lennon, a Elephant’s Memory; com a escritora e líder feminista Gloria Steinem; com o cofundador da Bancada Negra do Congresso, Ron Dellums; com o veterano dos “Sete de Chicago” Rennie Davis; com o advogado especializado em assuntos de imigração Leon Wildes; e com o poeta e ativista John Sinclair, o homem que Lennon libertou de uma sentença de dez anos de prisão – feito que demonstrou seu enorme poder político e cultural e pôs em marcha a surpreendente história aqui contada. Lançada em 2013, a biografia revela processos de criação dos discos solo de Lennon, as perseguições do FBI e do presidente Nixon para deportá-lo pela oposição à Guerra do Vietnã, e como se integrou ao cotidiano de NY. O livro agrada não só a Beatlemaníacos e fãs do artista, mas também a amantes de rock, de artes plásticas, show-business e História. Revela curiosidades de alguns dos grandes ícones culturais do século passado que conviveram com o músico, além das mudanças sociais, culturais e comportamentais do início dos anos 70 até o assassinato de John Lennon, em 1980.

Biografia única e ilustrada, John Lennon em Nova York revela como foi a pouco conhecida fase pós-Beatles vivida por um dos maiores artistas do século XX. O ativismo político, a evolução musical, a relação com a esposa Yoko Ono e com os antigos companheiros de banda foram alguns dos temas abordados com deliciosas minúcias pelo autor, o jornalista norte-americano James A. Mitchell. Um dos maiores valores da obra está na revelação de detalhes inéditos sobre Lennon, sobretudo os relacionados à busca frenética pela enteada, Kyoko Cox, nos EUA. Autor de outros livros sobre jornalismo, rock e guerra, James A. Mitchell recorreu a entrevistas inéditas com os membros da banda norte-americana de Lennon, a Elephant’s Memory; com a escritora e líder feminista Gloria Steinem; com o cofundador da Bancada Negra do Congresso, Ron Dellums; com o veterano dos “Sete de Chicago” Rennie Davis; com o advogado especializado em assuntos de imigração Leon Wildes; e com o poeta e ativista John Sinclair, o homem que Lennon libertou de uma sentença de dez anos de prisão – feito que demonstrou seu enorme poder político e cultural e pôs em marcha a surpreendente história aqui contada. Lançada em 2013, a biografia revela processos de criação dos discos solo de Lennon, as perseguições do FBI e do presidente Nixon para deportá-lo pela oposição à Guerra do Vietnã, e como se integrou ao cotidiano de NY. O livro agrada não só a Beatlemaníacos e fãs do artista, mas também a amantes de rock, de artes plásticas, show-business e História. Revela curiosidades de alguns dos grandes ícones culturais do século passado que conviveram com o músico, além das mudanças sociais, culturais e comportamentais do início dos anos 70 até o assassinato de John Lennon, em 1980.

1 comentário em “John Lennon em Nova York: Os anos de revolução – James A. MitchellAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *