João Paulo II ou o Santo da juventude – Robert Akpata

João Paulo II ou o Santo da juventude – Robert Akpata

JOÃO PAULO II! Ao longo da história da humanidade, nenhum outro homem esteve tão consciente de que os jovens são o futuro do mundo; ninguém jamais entendeu tão bem que as rédeas do mundo vai passar inexoravelmente às nossas mãos; ninguém jamais percebeu que a juventude é a única esperança para um mundo em perigo; ninguém se preocupou tanto em nos fazer entender hoje que as grandes responsabilidades do mundo serão nossas amanhã; ninguém se esforçou a fim de nos preparar para lidar efetivamente com os inúmeros desafios que enfrentamos na construção de um mundo melhor. Nenhum outro homem falou tão claro conosco , nenhum outro homem soube tão bem como falar conosco, nenhum outro homem soube encontrar as palavras certas para dizer-nos o que precisa ser dito: a verdade.

Neste exato momento da sua canonização, jovens dos cinco continentes, jovens de diversas origens como João Paulo II gostava de reunir, não católicos e até mesmo sem religião- (uma prova da universalidade do Papa e, de forma que não pode ser mais eloqüente, a comprovação de que sua mensagem é capaz de transcender as fronteiras religiosas) – impulsionada pela firme convicção de que hoje, mais do que nunca, João Paulo II continua a falar-nos, atribuído a si mesmos a tarefa de ajudá-lo a ouvir o velho, promovendo-lhe suas mensagens por ocasião das Jornadas Mundiais da Juventude em oito idiomas: Português, Inglês, Francês, Alemão, Espanhol, Italiano, Polonês e Holandês.

Caro jovem amigo, não hesite em saciar-se nessa fonte inesgotável de sabedoria de que João Paulo II nos fez beber durante toda a sua vida. Isso certamente irá ajudá-lo a dar o significado apropriado para a sua vida.

João Paulo II ou o Santo da juventude – Robert AkpataJOÃO PAULO II! Ao longo da história da humanidade, nenhum outro homem esteve tão consciente de que os jovens são o futuro do mundo; ninguém jamais entendeu tão bem que as rédeas do mundo vai passar inexoravelmente às nossas mãos; ninguém jamais percebeu que a juventude é a única esperança para um mundo em perigo; ninguém se preocupou tanto em nos fazer entender hoje que as grandes responsabilidades do mundo serão nossas amanhã; ninguém se esforçou a fim de nos preparar para lidar efetivamente com os inúmeros desafios que enfrentamos na construção de um mundo melhor. Nenhum outro homem falou tão claro conosco , nenhum outro homem soube tão bem como falar conosco, nenhum outro homem soube encontrar as palavras certas para dizer-nos o que precisa ser dito: a verdade.

Neste exato momento da sua canonização, jovens dos cinco continentes, jovens de diversas origens como João Paulo II gostava de reunir, não católicos e até mesmo sem religião- (uma prova da universalidade do Papa e, de forma que não pode ser mais eloqüente, a comprovação de que sua mensagem é capaz de transcender as fronteiras religiosas) – impulsionada pela firme convicção de que hoje, mais do que nunca, João Paulo II continua a falar-nos, atribuído a si mesmos a tarefa de ajudá-lo a ouvir o velho, promovendo-lhe suas mensagens por ocasião das Jornadas Mundiais da Juventude em oito idiomas: Português, Inglês, Francês, Alemão, Espanhol, Italiano, Polonês e Holandês.

Caro jovem amigo, não hesite em saciar-se nessa fonte inesgotável de sabedoria de que João Paulo II nos fez beber durante toda a sua vida. Isso certamente irá ajudá-lo a dar o significado apropriado para a sua vida.