Jardins de Luar: Desejo, erotismo, paixão e vingança, nos finais do século XVIII – Ambra Blanchett

Jardins de Luar: Desejo, erotismo, paixão e vingança, nos finais do século XVIII – Ambra Blanchett

Um conde solteirão, uma noviça atrevida, um cigano perverso e uma criada ninfomaníaca, levam-nos até aos finais do século XVIII através das páginas de um romance que não tendo a pretensão de ser histórico fala de aspectos ligados à história de Portugal e do Brasil na época da escravatura. Um romance erótico passado ao luar nas noites quentes de verão.

Um conde solteirão, uma noviça atrevida, um cigano perverso e uma criada ninfomaníaca, levam-nos até aos finais do século XVIII através das páginas de um romance que não tendo a pretensão de ser histórico fala de aspectos ligados à história de Portugal e do Brasil na época da escravatura. Um romance erótico passado ao luar nas noites quentes de verão.

1 comentário em “Jardins de Luar: Desejo, erotismo, paixão e vingança, nos finais do século XVIII – Ambra BlanchettAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *