História Universal da Destruição dos Livros – Fernando Báez

História Universal da Destruição dos Livros – Fernando Báez

Neste livro, o fio condutor da trama é a destruição de um milhão de livros no Iraque, como consequência de uma guerra absurda. O ato guarda uma destruição que vai além do objeto em si, mas o vínculo que ele representa: a memória e o patrimônio de ideias de toda uma civilização.

A devastação se inicia no Mundo Antigo, passando pela Inquisição e tempos das conquistas, até a catástrofe mais recente que os aniquila.

Neste livro, o fio condutor da trama é a destruição de um milhão de livros no Iraque, como consequência de uma guerra absurda. O ato guarda uma destruição que vai além do objeto em si, mas o vínculo que ele representa: a memória e o patrimônio de ideias de toda uma civilização.

A devastação se inicia no Mundo Antigo, passando pela Inquisição e tempos das conquistas, até a catástrofe mais recente que os aniquila.