História do Pranto – Alan Pauls

História do Pranto – Alan Pauls

Depois do grande sucesso de O passado, lançado pela Cosac Naify em 2007 e filmado por Hector Babenco, o premiado autor argentino Alan Pauls, “um dos melhores escritores latino-americanos vivos”, segundo Roberto Bolaño, volta ao Brasil com seu novo romance, História do pranto. O livro mescla de modo original o romance psicológico e a novela política. Alan Pauls usa o testemunho vertiginoso de um garoto que acreditava ser o Super-Homem para recuperar a história da esquerda argentina dos anos 1970. Jovem sensível, filho de pais divorciados de classe-média em Buenos Aires, o protagonista se depara com uma encruzilhada entre sua sensibilidade e a formação política. Segue, então, em busca de uma revisão ideológico-sentimental de sua vida, numa trajetória onde coexistem um repugnante cantor de protesto, uma namorada chilena de direita, um oligarca torturado, um vizinho militar que talvez não seja o que parece e um inusitado polvo no fundo de uma piscina… Em narrativa surpreendente, que une longos parágrafos e frases de ritmo rápido, o romance traz uma rara integração entre descrição e digressão, marca registrada da inteligência ferina de Alan Pauls.

 História do Pranto – Alan Pauls Alan Pauls

Depois do grande sucesso de O passado, lançado pela Cosac Naify em 2007 e filmado por Hector Babenco, o premiado autor argentino Alan Pauls, “um dos melhores escritores latino-americanos vivos”, segundo Roberto Bolaño, volta ao Brasil com seu novo romance, História do pranto. O livro mescla de modo original o romance psicológico e a novela política. Alan Pauls usa o testemunho vertiginoso de um garoto que acreditava ser o Super-Homem para recuperar a história da esquerda argentina dos anos 1970. Jovem sensível, filho de pais divorciados de classe-média em Buenos Aires, o protagonista se depara com uma encruzilhada entre sua sensibilidade e a formação política. Segue, então, em busca de uma revisão ideológico-sentimental de sua vida, numa trajetória onde coexistem um repugnante cantor de protesto, uma namorada chilena de direita, um oligarca torturado, um vizinho militar que talvez não seja o que parece e um inusitado polvo no fundo de uma piscina… Em narrativa surpreendente, que une longos parágrafos e frases de ritmo rápido, o romance traz uma rara integração entre descrição e digressão, marca registrada da inteligência ferina de Alan Pauls.

 História do Pranto – Alan Pauls Alan Pauls

1 comentário em “História do Pranto – Alan PaulsAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *