História da Filosofia Ocidental – Bertrand Russell

História da Filosofia Ocidental – Bertrand Russell

HISTÓRIA DA FILOSOFIA OCIDENTAL é uma das grandes obras de Bertrand Russell. Trata-se, no dizer de Victor Knoli, “de uma história da filosofia de um filósofo e, por isso, comprometida com as suas posições (…) A exposição do itinerário da Filosofia desde os pré-socráticos até os nossos dias apenas tem sentido quando feita por um filósofo; então, a história da filosofia converte-se em Filosofia.” Segundo o Autor, “a filosofia, desde tempos remotos, não tem sido apenas um tema das escolas ou uma discussão entre um punhado de homens cultos. Tem constituído uma parte integral da vida da comunidade, e foi como tal que procurei encará-la.” (…) “Há muitas histórias da filosofia, mas nenhuma delas, que eu saiba, tem a mesma finalidade da minha. Os filósofos são, ao mesmo tempo, causa e efeito: efeito de suas circunstâncias sociais e políticas e instituições de sua época; causa (quando afortunados) de crenças que modelam a política e as instituições de épocas posteriores.” Foi com a seguinte declaração que o cientista Albert Einstein recebeu o livro de Russell: A HISTÓRIA DA FILOSOFIA de Bertrand Russell é um livro precioso. Não sei o que deva ser mais admirado: se o delicioso frescor e originalidade ou a sensibilidade da simpatia com tempos distantes e mentalidades remotas por parte desse grande pensador. Considero uma felicidade que a nossa geração tão ressequida e também tão brutal possa destacar um homem de tal saber, honradez e coragem, e, ao mesmo tempo, tão cheio de humor. E uma obra pedagógica no mais alto grau, que se coloca acima de partidos e opiniões.” Por tudo o que foi dito – e ainda muito poderia ser acrescentado – a reedição desta obra é um acontecimento, tanto quanto o foi na ocasião de sua publicação. Presença obrigatória em todas as estantes.

HISTÓRIA DA FILOSOFIA OCIDENTAL é uma das grandes obras de Bertrand Russell. Trata-se, no dizer de Victor Knoli, “de uma história da filosofia de um filósofo e, por isso, comprometida com as suas posições (…) A exposição do itinerário da Filosofia desde os pré-socráticos até os nossos dias apenas tem sentido quando feita por um filósofo; então, a história da filosofia converte-se em Filosofia.” Segundo o Autor, “a filosofia, desde tempos remotos, não tem sido apenas um tema das escolas ou uma discussão entre um punhado de homens cultos. Tem constituído uma parte integral da vida da comunidade, e foi como tal que procurei encará-la.” (…) “Há muitas histórias da filosofia, mas nenhuma delas, que eu saiba, tem a mesma finalidade da minha. Os filósofos são, ao mesmo tempo, causa e efeito: efeito de suas circunstâncias sociais e políticas e instituições de sua época; causa (quando afortunados) de crenças que modelam a política e as instituições de épocas posteriores.” Foi com a seguinte declaração que o cientista Albert Einstein recebeu o livro de Russell: A HISTÓRIA DA FILOSOFIA de Bertrand Russell é um livro precioso. Não sei o que deva ser mais admirado: se o delicioso frescor e originalidade ou a sensibilidade da simpatia com tempos distantes e mentalidades remotas por parte desse grande pensador. Considero uma felicidade que a nossa geração tão ressequida e também tão brutal possa destacar um homem de tal saber, honradez e coragem, e, ao mesmo tempo, tão cheio de humor. E uma obra pedagógica no mais alto grau, que se coloca acima de partidos e opiniões.” Por tudo o que foi dito – e ainda muito poderia ser acrescentado – a reedição desta obra é um acontecimento, tanto quanto o foi na ocasião de sua publicação. Presença obrigatória em todas as estantes.

1 comentário em “História da Filosofia Ocidental – Bertrand RussellAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *