Fome – Knut Hamsun

Fome – Knut Hamsun

“Fome”, que chega às livrarias brasileiras com a magistral tradução de Carlos Drummond de Andrade, é um dos maiores romances da literatura universal.

Escrito pelo norueguês Knut Hamsun, autor singular e polêmico, premiado com o Nobel em 1920, descreve os tormentos de um escritor vagabundo e famélico que vaga pelas ruas com um toco de lápis, com o qual escreve crônicas para os jornais, dependendo disso para não morrer. Comovente, agudo, cheio de dor e sonhos, mas também de alegrias e esperanças, é um romance que se lê com entusiasmo e emoção, com uma lágrima nos olhos e um sorriso nos lábios.

Uma obra prima inesquecível.

“Fome”, que chega às livrarias brasileiras com a magistral tradução de Carlos Drummond de Andrade, é um dos maiores romances da literatura universal.

Escrito pelo norueguês Knut Hamsun, autor singular e polêmico, premiado com o Nobel em 1920, descreve os tormentos de um escritor vagabundo e famélico que vaga pelas ruas com um toco de lápis, com o qual escreve crônicas para os jornais, dependendo disso para não morrer. Comovente, agudo, cheio de dor e sonhos, mas também de alegrias e esperanças, é um romance que se lê com entusiasmo e emoção, com uma lágrima nos olhos e um sorriso nos lábios.

Uma obra prima inesquecível.

1 comentário em “Fome – Knut HamsunAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *