Falar a Verdade a Mentir – Almeida Garrett

Falar a Verdade a Mentir – Almeida Garrett

Peça que conta a história de Duarte Guedes, um mentiroso compulsivo, e do seu noivado com Amália. O obstáculo ao casamento é o vício incorrigível que Duarte tem de mentir, uma vez que o futuro sogro só lhe dará a mão da filha na condição de não apanhar o futuro genro em qualquer mentira, durante um dia.

Peça teatral cómica de Almeida Garrett, que oferece como ambiente a cidade de Lisboa em pleno século XIX, onde se degladiam os interesses de duas famílias burguesas e dos seus criados num jogo entre amores e ambições, onde a mentira tropeça na verdade.

O refinado sentido de humor de Garrett acaba também por abrir caminho à reflexão sobre a sociedade da época, satirizando os costumes de falsidade e da aparência, para além disso criticar o oportunismo e ganancia, tudo numa vertente cómica.

Peça que conta a história de Duarte Guedes, um mentiroso compulsivo, e do seu noivado com Amália. O obstáculo ao casamento é o vício incorrigível que Duarte tem de mentir, uma vez que o futuro sogro só lhe dará a mão da filha na condição de não apanhar o futuro genro em qualquer mentira, durante um dia.

Peça teatral cómica de Almeida Garrett, que oferece como ambiente a cidade de Lisboa em pleno século XIX, onde se degladiam os interesses de duas famílias burguesas e dos seus criados num jogo entre amores e ambições, onde a mentira tropeça na verdade.

O refinado sentido de humor de Garrett acaba também por abrir caminho à reflexão sobre a sociedade da época, satirizando os costumes de falsidade e da aparência, para além disso criticar o oportunismo e ganancia, tudo numa vertente cómica.