Espião e Amante – Ian Fleming

Espião e Amante – Ian Fleming

O espião que me amou se chamava James Bond e a noite em que ele me amou foi de gritante terror no “Dreamy Pines Motor Court”, nos Adir Ondacks, norte do Estado de Nova York.

Esta é a história de quem eu sou e de como, através de um pesadelo de tortura e da ameaça de violência e morte, cheguei a uma madrugada de êxtase. É tudo verdade, absoluta verdade. Se assim não fosse, IAN FLEMING não teria arriscado sua reputação profissional servindo como meu coautor e convencendo Jonathan Cape a ser meu editor. Generosamente obteve, também, permissão para algumas pequenas violações da Lei de Segredos Oficiais, que eram necessárias à minha história.

Espião e Amante – Ian FlemingO espião que me amou se chamava James Bond e a noite em que ele me amou foi de gritante terror no “Dreamy Pines Motor Court”, nos Adir Ondacks, norte do Estado de Nova York.

Esta é a história de quem eu sou e de como, através de um pesadelo de tortura e da ameaça de violência e morte, cheguei a uma madrugada de êxtase. É tudo verdade, absoluta verdade. Se assim não fosse, IAN FLEMING não teria arriscado sua reputação profissional servindo como meu coautor e convencendo Jonathan Cape a ser meu editor. Generosamente obteve, também, permissão para algumas pequenas violações da Lei de Segredos Oficiais, que eram necessárias à minha história.