Entre sem bater: A vida de Apparício Torelly, o Barão de Itararé – Cláudio Figueiredo

Compartilhe:

Imagine um Groucho Marx que, em pleno Brasil dos anos 1920, 1930 e 1940, tivesse seu próprio jornal, no qual se mostrasse sempre pronto a ridicularizar magnatas da imprensa, a atormentar presidentes e a debochar de literatos pretensiosos. Apparício Torelly, que se autoagraciou com o título de Barão de Itararé, foi tudo isso e muito mais. Espírito anárquico a desafiar os anos mais sombrios da Era Vargas, revolucionou o humorismo com seu semanário A Manha. Encarnando o personagem do Barão, confundiu vida e arte, protagonizando histórias que se incorporaram ao folclore político do país. Entre sem bater – A vida de Apparício Torelly, o Barão de Itararé surpreende e comove ao traçar um painel de meio século de história do Brasil pelos olhos de um de seus maiores humoristas.

(Visited 8 times, 1 visits today)
Compartilhe: