Dona Beija – Thomas Leonardos

Dona Beija – Thomas Leonardos

Vítima, cortesã ou heroína política? Antes do seqüestro que marcou seu destino, Ana Jacinta de São José era apenas uma menina demasiadamente atraída pelo cheiro das flores (daí o apelido adquirido ainda na juventude), filha de mãe solteira e pai de origem desconhecida (a trama apresenta a possibilidade de se tratar de um homem casado, entretanto a versão mais creditada é que provavelmente ele seria um caixeiro viajante). Nascida em 2 de janeiro de 1800, próxima à cidade de Formiga, no Oeste mineiro, Beija mudou-se pouco depois de seu nascimento para Arraial de São Domingos dos Araxás, onde cresceu sob a tutela de um amoroso, porém severo avô, que influenciado pelo valores machistas vigentes não alfabetizou a criança.

Dona Beija – Thomas LeonardosVítima, cortesã ou heroína política? Antes do seqüestro que marcou seu destino, Ana Jacinta de São José era apenas uma menina demasiadamente atraída pelo cheiro das flores (daí o apelido adquirido ainda na juventude), filha de mãe solteira e pai de origem desconhecida (a trama apresenta a possibilidade de se tratar de um homem casado, entretanto a versão mais creditada é que provavelmente ele seria um caixeiro viajante). Nascida em 2 de janeiro de 1800, próxima à cidade de Formiga, no Oeste mineiro, Beija mudou-se pouco depois de seu nascimento para Arraial de São Domingos dos Araxás, onde cresceu sob a tutela de um amoroso, porém severo avô, que influenciado pelo valores machistas vigentes não alfabetizou a criança.

1 comentário em “Dona Beija – Thomas LeonardosAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *