Do Alto da Montanha – Morris West

Do Alto da Montanha – Morris West

Do alto da montanha: testemunho de um peregrino é uma narrativa lírica e profunda da vida, das paixões e, sobretudo, das crenças de Morris West, um dos maiores romancistas deste século.

Aos oitenta anos, o escritor australiano decidiu atender aos apelos que escutou durante muitos anos para transpor para as páginas a história da sua vida. E é justamente aí que reside a característica mais marcante do livro: West optou por evitar a autobiografia convencional. Com o mesmo estilo e domínio da narrativa que o notabilizou, ele fala de suas experiências como quem relata uma aventura, na qual aparece como protagonista. Cada capítulo revela importantes detalhes da vida do autor, como sua oposição à guerra do Vietnã, em 1965, quando foi alvo de uma campanha pública movida pelo primeiro-ministro australiano. Sua admiração pelo filósofo italiano Giordano Bruno, queimado como herege no século XVI, também é abertamente assumida. Mas é às jornadas como peregrino cristão que Morris West dedica maior ênfase. O autor conta como sua fé foi sendo duramente conquistada até a definitiva aceitação de Deus – um relato comovente, que faz de Do alto da montanha: o testemunho de um peregrino uma obra atemporal e cheia de espiritualidade. West é autor de vários sucessos literários, com destaque para Ponto de fuga, O advogado do diabo e a bem- sucedida trilogia do Vaticano – que inclui os livros As sandálias do pescador (com mais de milhões de exemplares vendidos em todo o mundo), Os fantoches de Deus e O milagre de Lázaro.

Do Alto da Montanha – Morris WestDo alto da montanha: testemunho de um peregrino é uma narrativa lírica e profunda da vida, das paixões e, sobretudo, das crenças de Morris West, um dos maiores romancistas deste século.

Aos oitenta anos, o escritor australiano decidiu atender aos apelos que escutou durante muitos anos para transpor para as páginas a história da sua vida. E é justamente aí que reside a característica mais marcante do livro: West optou por evitar a autobiografia convencional. Com o mesmo estilo e domínio da narrativa que o notabilizou, ele fala de suas experiências como quem relata uma aventura, na qual aparece como protagonista. Cada capítulo revela importantes detalhes da vida do autor, como sua oposição à guerra do Vietnã, em 1965, quando foi alvo de uma campanha pública movida pelo primeiro-ministro australiano. Sua admiração pelo filósofo italiano Giordano Bruno, queimado como herege no século XVI, também é abertamente assumida. Mas é às jornadas como peregrino cristão que Morris West dedica maior ênfase. O autor conta como sua fé foi sendo duramente conquistada até a definitiva aceitação de Deus – um relato comovente, que faz de Do alto da montanha: o testemunho de um peregrino uma obra atemporal e cheia de espiritualidade. West é autor de vários sucessos literários, com destaque para Ponto de fuga, O advogado do diabo e a bem- sucedida trilogia do Vaticano – que inclui os livros As sandálias do pescador (com mais de milhões de exemplares vendidos em todo o mundo), Os fantoches de Deus e O milagre de Lázaro.

1 comentário em “Do Alto da Montanha – Morris WestAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *