Dieselpunk: arquivos confidenciais de uma bela época – Gerson Lodi-Ribeiro (Org.)

Dieselpunk: arquivos confidenciais de uma bela época – Gerson Lodi-Ribeiro (Org.)

Dieselpunk é o sucessor cronológico do steampunk, gênero literário que chegou à moda e às artes plásticas, conquistou o mundo e foi o nosso tema em Vaporpunk – relatos steampunk publicados sob as ordens de Suas Majestades. Agora, com uma estética inspirada no começo do século XX, a Belle Époque surge sem a interferência da Grande Depressão e a Guerra Fria atinge níveis inimagináveis. Nove autores remexeram os mais secretos arquivos para a primeira antologia do tema em língua portuguesa, Dieselpunk – arquivos confidenciais de uma bela época. O combustível dessa vez é o diesel, capaz de levar aos céus máquinas mais pesadas que o ar e movimentar indústrias criadas sob a euforia progressista da vida nas metrópoles. Impérios lutam contra governos populares, e a individualidade e o mérito próprio perdem cada vez mais espaço para a coletividade e o bem comum, mesmo quando os reais objetivos das nações não podem ser compreendidos. Um retrato cinzento de um passado em que os motores do mundo são mais valorizados do que as pessoas que o habitam, e o Estado se nega a enxergar o cidadão como peça fundamental de sua existência. Mas há muito mais em Dieselpunk do que controle e poder. Há indivíduos que decidiram fazer a diferença contra esta nova ordem e há indivíduos que ajudaram a criá-la. Suas histórias são aqui relatadas pelos senhores: Carlos Orsi, Tibor Moricz, Octavio Aragão, Hugo Vera, Antonio Luiz M. C. Costa, Cirilo S. Lemos, Sid Castro e Jorge Candeias, organizadas pelo também autor Gerson Lodi‑Ribeiro. Conheça o mundo movido a diesel que o levará a refletir sobre o nosso presente e as escolhas de homens e estados que fizeram nossa história. Esse é o mundo de Dieselpunk.
Antologia organizada por Gerson Lodi-Ribeiro, que também tem uma noveleta, e com a participação de Carlos Orsi, Tibor Moricz, Octavio Aragão, Hugo Vera, Antonio Luiz M. C. Costa, Cirilo S. Lemos, Sid Castro, Jorge Candeias.

Dieselpunk é o sucessor cronológico do steampunk, gênero literário que chegou à moda e às artes plásticas, conquistou o mundo e foi o nosso tema em Vaporpunk – relatos steampunk publicados sob as ordens de Suas Majestades. Agora, com uma estética inspirada no começo do século XX, a Belle Époque surge sem a interferência da Grande Depressão e a Guerra Fria atinge níveis inimagináveis. Nove autores remexeram os mais secretos arquivos para a primeira antologia do tema em língua portuguesa, Dieselpunk – arquivos confidenciais de uma bela época. O combustível dessa vez é o diesel, capaz de levar aos céus máquinas mais pesadas que o ar e movimentar indústrias criadas sob a euforia progressista da vida nas metrópoles. Impérios lutam contra governos populares, e a individualidade e o mérito próprio perdem cada vez mais espaço para a coletividade e o bem comum, mesmo quando os reais objetivos das nações não podem ser compreendidos. Um retrato cinzento de um passado em que os motores do mundo são mais valorizados do que as pessoas que o habitam, e o Estado se nega a enxergar o cidadão como peça fundamental de sua existência. Mas há muito mais em Dieselpunk do que controle e poder. Há indivíduos que decidiram fazer a diferença contra esta nova ordem e há indivíduos que ajudaram a criá-la. Suas histórias são aqui relatadas pelos senhores: Carlos Orsi, Tibor Moricz, Octavio Aragão, Hugo Vera, Antonio Luiz M. C. Costa, Cirilo S. Lemos, Sid Castro e Jorge Candeias, organizadas pelo também autor Gerson Lodi‑Ribeiro. Conheça o mundo movido a diesel que o levará a refletir sobre o nosso presente e as escolhas de homens e estados que fizeram nossa história. Esse é o mundo de Dieselpunk.
Antologia organizada por Gerson Lodi-Ribeiro, que também tem uma noveleta, e com a participação de Carlos Orsi, Tibor Moricz, Octavio Aragão, Hugo Vera, Antonio Luiz M. C. Costa, Cirilo S. Lemos, Sid Castro, Jorge Candeias.

Quer baixar rapidamente e sem propaganda? Faça sua assinatura clicando aqui

1 comentário em “Dieselpunk: arquivos confidenciais de uma bela época – Gerson Lodi-Ribeiro (Org.)Adicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *