Dezenove Luas – Beautiful Creatures #04 – Kami Garcia, Margaret Stohl

Dezenove Luas – Beautiful Creatures #04 – Kami Garcia, Margaret Stohl

Em seu primeiro romance, Dezesseis luas, Kami Garcia e Margaret Stohl conseguiram um feito invejável: conquistaram o exigente público jovem adulto. Competindo com nomes como Stephanie Meyer e L.J. Smith, respectivamente autoras das sagas Crepúsculo e Diários do vampiro, o livro se tornou febre mundial. Ganhou as telas em superprodução da Disney, foi eleito um dos melhores de 2009 pela Amazon, além de ter ficado semanas na lista do New York Times. Depois do sucesso de Dezessete luas e Dezoito luas, a consagrada série chega ao final com o volume Dezenove luas.

A vida toda Ethan quis sair de Gatlin, escapar da mentalidade provinciana de cidade pequena, as encenações de batalha de Guerra Civil… Isso tudo antes de encontrar a garota perfeita, a mulher dos seus sonhos. Sua amada, Lena Duchaness, revelou para ele todo um lado novo da cidade, poderoso, amaldiçoado e escondido. Ela se tornou para Ethan uma âncora, uma casa, um lar.
E justamente quando o rapaz não gostaria de ir a lugar algum, ele precisou abandonar tudo. Deixar todos para trás. Foi o preço pago para restabelecer a Ordem das coisas. Inquieto com a possibilidade de ver seus amigos e sua cidade desaparecerem do mapa, Ethan fez o que precisava ser feito para salvá-los.

Depois do que aconteceu na torre de água, durante a Décima Oitava Lua, ele acordou do outro lado com apenas um pensamento: retornar. Para Lena. Para seus amigos. Para Amma e seu pai. Tia Marion e as Irmãs. Faria qualquer coisa: confiar em velhos inimigos, arriscar a vida de terceiros, o que restou da minha alma. A vontade de voltar e de reecontrar sua amada era maior que tudo. Para ele, não era possível existir sem Lena. E sabia que ela sentia o mesmo. Enquanto esse turbilhão de emoções o afligia, ela, em Gatlin, tentava ajudá-lo. Juntos, podiam tudo. Será?

Em seu primeiro romance, Dezesseis luas, Kami Garcia e Margaret Stohl conseguiram um feito invejável: conquistaram o exigente público jovem adulto. Competindo com nomes como Stephanie Meyer e L.J. Smith, respectivamente autoras das sagas Crepúsculo e Diários do vampiro, o livro se tornou febre mundial. Ganhou as telas em superprodução da Disney, foi eleito um dos melhores de 2009 pela Amazon, além de ter ficado semanas na lista do New York Times. Depois do sucesso de Dezessete luas e Dezoito luas, a consagrada série chega ao final com o volume Dezenove luas.

A vida toda Ethan quis sair de Gatlin, escapar da mentalidade provinciana de cidade pequena, as encenações de batalha de Guerra Civil… Isso tudo antes de encontrar a garota perfeita, a mulher dos seus sonhos. Sua amada, Lena Duchaness, revelou para ele todo um lado novo da cidade, poderoso, amaldiçoado e escondido. Ela se tornou para Ethan uma âncora, uma casa, um lar.
E justamente quando o rapaz não gostaria de ir a lugar algum, ele precisou abandonar tudo. Deixar todos para trás. Foi o preço pago para restabelecer a Ordem das coisas. Inquieto com a possibilidade de ver seus amigos e sua cidade desaparecerem do mapa, Ethan fez o que precisava ser feito para salvá-los.

Depois do que aconteceu na torre de água, durante a Décima Oitava Lua, ele acordou do outro lado com apenas um pensamento: retornar. Para Lena. Para seus amigos. Para Amma e seu pai. Tia Marion e as Irmãs. Faria qualquer coisa: confiar em velhos inimigos, arriscar a vida de terceiros, o que restou da minha alma. A vontade de voltar e de reencontrar sua amada era maior que tudo. Para ele, não era possível existir sem Lena. E sabia que ela sentia o mesmo. Enquanto esse turbilhão de emoções o afligia, ela, em Gatlin, tentava ajudá-lo. Juntos, podiam tudo. Será?