Deus, um Delírio – Richard Dawkins

Compartilhe:

O biólogo Richard Dawkins usa seu conceito de memes (idéias que agem como os genes) e o darwinismo para propor explicações à tendência da humanidade de acreditar num ser superior. E desmonta um a um, com base na teoria das probabilidades, os argumentos que defendem a existência de Deus (ou Alá, ou qualquer tipo de ente sobrenatural), dedicando especial atenção ao design inteligente, tentativa criacionista de harmonizar ciência e religião. Em “Deus, um Delírio” o autor mostra como a religião alimenta a guerra, fomenta o fanatismo e doutrina as crianças.

(Visited 120 times, 1 visits today)
Compartilhe:

13 thoughts on “Deus, um Delírio – Richard Dawkins”

  1. Livro excelente! Se você é ateu e/ou agnóstico, deve ler, para reforçar algumas ideias. Se você está em dúvidas se é ou não ateu, deve ler, para esclarecer e desmistificar alguns conceitos. E se você é um crente, deve ler, para começar a questionar sua fé, e não ter simplesmente uma fé cega. Recomendadíssimo.

  2. Richard Dawkins expõe ,em seu livro Deus um delírio, toda a sua convicção que religião e crença em toda e qualquer divindade, é prejudicial para a humanidade e para a ciência ! Para Dawkins a crença em um ser superior é um erro evolutivo e não é como muitas pessoas acreditam ,a base da moralidade!Dawkins é corajoso e muito perspicaz ! explica de forma sucinta e irônica que a religião é a causa e/ou consequência de muitas mazelas da humanidade! obs: livro indicado para pessoas corajosas e de qualquer vertente em relação a crença(teísta ,ateísta ,deísta ,panteísta e agnóstico),mas cuidado pode estar abrindo uma verdadeira caixa de pandora!!!!

  3. O livro não só me fez ver o mundo de outra maneira e procurar outros livros do assunto, como também mudou a minha vida inteira. Se não tivesse visto por aqui, provavelmente nunca teria o lido.

    Obrigado pelos belos posts 🙂

Send a Comment

Your email address will not be published.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Gostou do epubr.club? Por favor, espalhe a palavra :)