Criação: A origem da vida/O futuro da vida – Adam Rutherford

Criação: A origem da vida/O futuro da vida – Adam Rutherford

De onde viemos e para onde vamos? É o que nos responde o geneticista e divulgador da ciência Adam Rutherford, nesse livro dividido em duas partes, que podem ser lidas de maneira independente – na versão impressa, basta virar o livro, que tem duas capas, uma de cada lado. Na primeira parte, “A origem da vida”, o autor narra o progresso do conhecimento em busca do surgimento da vida e o longo caminho percorrido até chegarmos à célula como elemento mínimo vital, a partir do qual se formaram todos os seres e culminando na teoria que levou à identificação da estrutura do DNA. Na segunda, “O futuro da vida”, ele examina a modificação genética por ação humana e relata as facetas polêmicas presentes na manipulação de genes, tanto para fins terapêuticos quanto industriais, e a criação em laboratório do primeiro organismo vivo, que tantos debates suscitou sobre a legitimidade da biologia sintética. Para Rutherford, à medida que alcançamos um conhecimento cada vez maior da origem de tudo, mais sabemos como manipular profundamente a biologia no presente. E, à medida que desmontamos células e as remontamos sinteticamente, aprendemos mais sobre as condições em que as primeiras células surgiram.

Criação: A origem da vida/O futuro da vida – Adam RutherfordDe onde viemos e para onde vamos? É o que nos responde o geneticista e divulgador da ciência Adam Rutherford, nesse livro dividido em duas partes, que podem ser lidas de maneira independente – na versão impressa, basta virar o livro, que tem duas capas, uma de cada lado. Na primeira parte, “A origem da vida”, o autor narra o progresso do conhecimento em busca do surgimento da vida e o longo caminho percorrido até chegarmos à célula como elemento mínimo vital, a partir do qual se formaram todos os seres e culminando na teoria que levou à identificação da estrutura do DNA. Na segunda, “O futuro da vida”, ele examina a modificação genética por ação humana e relata as facetas polêmicas presentes na manipulação de genes, tanto para fins terapêuticos quanto industriais, e a criação em laboratório do primeiro organismo vivo, que tantos debates suscitou sobre a legitimidade da biologia sintética. Para Rutherford, à medida que alcançamos um conhecimento cada vez maior da origem de tudo, mais sabemos como manipular profundamente a biologia no presente. E, à medida que desmontamos células e as remontamos sinteticamente, aprendemos mais sobre as condições em que as primeiras células surgiram.

 

1 comentário em “Criação: A origem da vida/O futuro da vida – Adam RutherfordAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *