Contos de Colarinho Branco – Paulo Morgado

Contos de Colarinho Branco – Paulo Morgado

Uma viagem ao mundo clandestino do crime económico. Ao longo de 28 divertidos e sarcásticos contos, com muitas mensagens subliminares pelo meio, Paulo Morgado percorre exaustivamente o rol de golpes clássicos que conduzem ao dinheiro fácil. Os actores são financeiros que somam subtraindo pouco a muitos, funcionários que metem a mão na massa das instituições que lhes oferecem credibilidade, falsários que vendem gato por lebre e finórios que desgraçam carteiras alheias através de conversa fiada. Nas palavras do autor… «Bem vindos a uma visita guiada ao imundo mundo do colarinho branco!» «O labirinto criminoso, a perfídia dos personagens, a caricatura trazem-nos quadros de ironia corrosiva. O autor diverte-se com a animação dos «esquemas» e «golpes», para abandonar os finórios à sua sorte e fintar os «espertos».» Maria José Morgado «Contos de Colarinho Branco são uma ficção para levar a sério, um exercício de pedagogia sobre um assunto proibido, um acto de criatividade de um gestor de topo, que lidera em Portugal uma empresa multinacional, e que prova ser diferente de outros. Os outros, nem a brincar, falam do assunto.» Sérgio Figueiredo

Uma viagem ao mundo clandestino do crime económico. Ao longo de 28 divertidos e sarcásticos contos, com muitas mensagens subliminares pelo meio, Paulo Morgado percorre exaustivamente o rol de golpes clássicos que conduzem ao dinheiro fácil. Os actores são financeiros que somam subtraindo pouco a muitos, funcionários que metem a mão na massa das instituições que lhes oferecem credibilidade, falsários que vendem gato por lebre e finórios que desgraçam carteiras alheias através de conversa fiada. Nas palavras do autor… «Bem vindos a uma visita guiada ao imundo mundo do colarinho branco!» «O labirinto criminoso, a perfídia dos personagens, a caricatura trazem-nos quadros de ironia corrosiva. O autor diverte-se com a animação dos «esquemas» e «golpes», para abandonar os finórios à sua sorte e fintar os «espertos».» Maria José Morgado «Contos de Colarinho Branco são uma ficção para levar a sério, um exercício de pedagogia sobre um assunto proibido, um acto de criatividade de um gestor de topo, que lidera em Portugal uma empresa multinacional, e que prova ser diferente de outros. Os outros, nem a brincar, falam do assunto.» Sérgio Figueiredo

Quer baixar rapidamente e sem propaganda? Faça sua assinatura clicando aqui

1 comentário em “Contos de Colarinho Branco – Paulo MorgadoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *