Contos à Moda do Porto – Miguel Miranda

Contos à Moda do Porto – Miguel Miranda

Ao obter, em 1996, com “Contos à Moda do Porto”, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores, Miguel Miranda consagrou-se como um dos mais notáveis cultores portugueses da ficção curta. Nestas estórias, um variado rol de personagens disfuncionais, que vivem à margem da sociedade estereotipada das metrópoles, desenha-nos, tendo como cenário a cidade do Porto, o mapa inesperado de uma humanidade que, ainda que insólita, de repente sentimos nossa vizinha.

Ao obter, em 1996, com “Contos à Moda do Porto”, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores, Miguel Miranda consagrou-se como um dos mais notáveis cultores portugueses da ficção curta. Nestas estórias, um variado rol de personagens disfuncionais, que vivem à margem da sociedade estereotipada das metrópoles, desenha-nos, tendo como cenário a cidade do Porto, o mapa inesperado de uma humanidade que, ainda que insólita, de repente sentimos nossa vizinha.

1 comentário em “Contos à Moda do Porto – Miguel MirandaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *