Charles Miller: O Pai do Futebol Brasileiro – John Mills

Charles Miller: O Pai do Futebol Brasileiro – John Mills

A história do futebol brasileiro que ainda não tinha sido contada.

Charles William Miller é o pai do futebol brasileiro. Filho de um inglês e de uma brasileira, nasceu perto da estação de trem do Brás, na época um bairro nobre de São Paulo. Aos nove anos, foi estudar na Europa. Desembarcou em Southampton, no extremo sul das ilhas britânicas, e aprendeu a jogar futebol na Bannister Court School. Tinha um estilo de jogo alegre e malandro, características que marcariam o futebol brasileiro para sempre.

Depois de dez anos na Inglaterra, Charles Miller retornou ao Brasil, em 1894, trazendo na bagagem duas bolas da marca Shoot, fabricadas em Liverpool e que ele ganhou de presente de um companheiro no time de Southampton, que mais tarde se tornaria presidente da Liga Inglesa, a primeira associação de futebol do planeta. Também vieram com Miller uma bomba de ar, dois uniformes e um grosso livro de regras.

A história completa de Charles Miller é contada pela primeira vez na biografia escrita pelo historiador John Mills. O livro traz detalhes inéditos da carreira, do casamento, do time de coração, dos negócios, da família de Miller. Tem também documentos e fotografias nunca antes publicados, num verdadeiro resgate da memória do futebol brasileiro.

O leitor irá conhecer até os bastidores da primeira partida de futebol do Brasil, que aconteceu no dia 14 de abril de 1895, na Várzea do Carmo. As equipes eram formadas por ingleses radicados na capital paulista. O São Paulo Railway, time de Charles Miller, venceu a Companhia de Gás por 4 a 2. Entre 1902 e 1904, jogando pela equipe do SPAC, Miller se tornou tricampeão paulista. Foi artilheiro do campeonato por duas vezes. Jogou no clube até 1910, quando encerrou a carreira. Depois disso, acredite, o pai do futebol brasileiro atuaria como árbitro.

Se aqui é o país do futebol, o Brasil deve isso a Charles Miller.

A história do futebol brasileiro que ainda não tinha sido contada.

Charles William Miller é o pai do futebol brasileiro. Filho de um inglês e de uma brasileira, nasceu perto da estação de trem do Brás, na época um bairro nobre de São Paulo. Aos nove anos, foi estudar na Europa. Desembarcou em Southampton, no extremo sul das ilhas britânicas, e aprendeu a jogar futebol na Bannister Court School. Tinha um estilo de jogo alegre e malandro, características que marcariam o futebol brasileiro para sempre.

Depois de dez anos na Inglaterra, Charles Miller retornou ao Brasil, em 1894, trazendo na bagagem duas bolas da marca Shoot, fabricadas em Liverpool e que ele ganhou de presente de um companheiro no time de Southampton, que mais tarde se tornaria presidente da Liga Inglesa, a primeira associação de futebol do planeta. Também vieram com Miller uma bomba de ar, dois uniformes e um grosso livro de regras.

A história completa de Charles Miller é contada pela primeira vez na biografia escrita pelo historiador John Mills. O livro traz detalhes inéditos da carreira, do casamento, do time de coração, dos negócios, da família de Miller. Tem também documentos e fotografias nunca antes publicados, num verdadeiro resgate da memória do futebol brasileiro.

O leitor irá conhecer até os bastidores da primeira partida de futebol do Brasil, que aconteceu no dia 14 de abril de 1895, na Várzea do Carmo. As equipes eram formadas por ingleses radicados na capital paulista. O São Paulo Railway, time de Charles Miller, venceu a Companhia de Gás por 4 a 2. Entre 1902 e 1904, jogando pela equipe do SPAC, Miller se tornou tricampeão paulista. Foi artilheiro do campeonato por duas vezes. Jogou no clube até 1910, quando encerrou a carreira. Depois disso, acredite, o pai do futebol brasileiro atuaria como árbitro.

Se aqui é o país do futebol, o Brasil deve isso a Charles Miller.

 

1 comentário em “Charles Miller: O Pai do Futebol Brasileiro – John MillsAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *