Champanhe – Don Kladstrup, Petie Kladstrup

Champanhe – Don Kladstrup, Petie Kladstrup

Em ‘Champanhe’, Don e Petie Kladstrup envolvem o leitor na surpreendente saga do champanhe, o vinho mais sofisticado do mundo. Associado ao glamour, à amizade e a grandes celebrações, ele oculta uma história de sofrimento e coragem. Desde a violenta invasão de Átila, rei dos hunos, à barbárie da Segunda Guerra Mundial, os autores revivem a trajetória do champanhe e da região onde ele é produzido. No caminho, apresentam personagens admiráveis, como o humilde monge considerado o pai do champanhe, Dom Pérignon, e os donos de casas famosas, como Pommery e Moët & Chandon, Mumm e Veuve Clicquot, que ao longo do tempo souberam descobrir saídas ardilosas para situações inusitadas. Mesmo em meio a dramas como os da Primeira Guerra Mundial – narrados pelos autores com detalhes emocionantes – as uvas continuaram a crescer. Os champenois, conhecidos por sua determinação e coragem, não se entregaram. Unindo forças, conseguiram fazer a colheita e estocar a safra para produzir a maior riqueza que possuíam – o champanhe. No livro, o leitor descobre que, por trás das finas taças de cristal e do líquido claro e borbulhante, escondem-se exemplos de coragem e auto-superação na luta contra pragas, catástrofes climáticas, guerras e invasões.

Em ‘Champanhe’, Don e Petie Kladstrup envolvem o leitor na surpreendente saga do champanhe, o vinho mais sofisticado do mundo. Associado ao glamour, à amizade e a grandes celebrações, ele oculta uma história de sofrimento e coragem. Desde a violenta invasão de Átila, rei dos hunos, à barbárie da Segunda Guerra Mundial, os autores revivem a trajetória do champanhe e da região onde ele é produzido. No caminho, apresentam personagens admiráveis, como o humilde monge considerado o pai do champanhe, Dom Pérignon, e os donos de casas famosas, como Pommery e Moët & Chandon, Mumm e Veuve Clicquot, que ao longo do tempo souberam descobrir saídas ardilosas para situações inusitadas. Mesmo em meio a dramas como os da Primeira Guerra Mundial – narrados pelos autores com detalhes emocionantes – as uvas continuaram a crescer. Os champenois, conhecidos por sua determinação e coragem, não se entregaram. Unindo forças, conseguiram fazer a colheita e estocar a safra para produzir a maior riqueza que possuíam – o champanhe. No livro, o leitor descobre que, por trás das finas taças de cristal e do líquido claro e borbulhante, escondem-se exemplos de coragem e auto-superação na luta contra pragas, catástrofes climáticas, guerras e invasões.

1 comentário em “Champanhe – Don Kladstrup, Petie KladstrupAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *