Cazuza – Viriato Corrêa

Cazuza – Viriato Corrêa

Cazuza, lançado pela primeira vez em 1938, é um romance autobiográfico em que o autor narra as amargas experiências escolares de um garoto desde o primário convivendo com um professor autoritário de uma escola no interior do Maranhão, até os dias de colégio na capital do estado, São Luís. Além de criar um belo romance sobre o processo de amadurecimento de uma criança, Viriato Corrêa usou Cazuza como um veículo para criticar e denunciar castigos físicos impostos aos estudantes e outras práticas abomináveis de disciplina adotadas por muitos estabelecimentos educacionais na década de 30.

Cazuza – Viriato CorrêaCazuza, lançado pela primeira vez em 1938, é um romance autobiográfico em que o autor narra as amargas experiências escolares de um garoto desde o primário convivendo com um professor autoritário de uma escola no interior do Maranhão, até os dias de colégio na capital do estado, São Luís. Além de criar um belo romance sobre o processo de amadurecimento de uma criança, Viriato Corrêa usou Cazuza como um veículo para criticar e denunciar castigos físicos impostos aos estudantes e outras práticas abomináveis de disciplina adotadas por muitos estabelecimentos educacionais na década de 30.

1 comentário em “Cazuza – Viriato CorrêaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *