Casais Trocados – John Updike

Casais Trocados – John Updike

Grande parte do enredo de Casais (que tem início na noite de 24 de marco de 1962 e abarca eventos históricos como a perda do USS Thresher em 10 de abril e o assassinato de Kennedy em novembro de 1963) refere-se aos esforços dos personagens para equilibrar as pressões morais protestantes com o comportamento americano dos anos 60, cada vez mais flexível em relação ao sexo. O livro sugere que esse relaxamento pode ter sido impulsionado pelo desenvolvimento do controle de natalidade e a oportunidade de apreciar o que um personagem se refere como “o paraíso pós-pílula.”
O livro é rico em detalhes de época. (Em 2009, o USA Today chamou a novela de “cápsula do tempo de uma era.) As descrições líricas e explícitas de sexo, incomuns para a época, tornaram o livro um sucesso. A Time tinha reservado reportagem de capa para Updike e seu romance antes de saber do que se tratava; quanto mais alto ele subia na hierarquia da revista, menos eles gostavam, conta-se.
O romance foi entusiasticamente recebido pela crítica, e aterrissou Updike afinal na capa da Time, local raro para um autor, detalhando as semelhanças entre a ficcional Tarbox, Massachusetts, e a real Ipswich, Massachusetts, onde o casal Updike partilhava com jovens casais uma vida de festas.

Casais Trocados – John UpdikeGrande parte do enredo de Casais (que tem início na noite de 24 de marco de 1962 e abarca eventos históricos como a perda do USS Thresher em 10 de abril e o assassinato de Kennedy em novembro de 1963) refere-se aos esforços dos personagens para equilibrar as pressões morais protestantes com o comportamento americano dos anos 60, cada vez mais flexível em relação ao sexo. O livro sugere que esse relaxamento pode ter sido impulsionado pelo desenvolvimento do controle de natalidade e a oportunidade de apreciar o que um personagem se refere como “o paraíso pós-pílula.”
O livro é rico em detalhes de época. (Em 2009, o USA Today chamou a novela de “cápsula do tempo de uma era.) As descrições líricas e explícitas de sexo, incomuns para a época, tornaram o livro um sucesso. A Time tinha reservado reportagem de capa para Updike e seu romance antes de saber do que se tratava; quanto mais alto ele subia na hierarquia da revista, menos eles gostavam, conta-se.
O romance foi entusiasticamente recebido pela crítica, e aterrissou Updike afinal na capa da Time, local raro para um autor, detalhando as semelhanças entre a ficcional Tarbox, Massachusetts, e a real Ipswich, Massachusetts, onde o casal Updike partilhava com jovens casais uma vida de festas.

1 comentário em “Casais Trocados – John UpdikeAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *