Cantiga de findar – Julián Herbert

Cantiga de findar – Julián Herbert

Julián Herbert, um dos poetas mexicanos mais importantes da atualidade, é apresentado ao leitor brasileiro com Cantiga de findar, mais um título da coleção Otra Língua a chegar às prateleiras pela Rocco. O livro, que ganhou o Prêmio Jáen de romance e o Prêmio Elena Poniatowska em 2012, engrossa um filão literário moderno que já desfruta status de tradição: a narrativa em que se cruzam verdade autobiográfica e ficção pessoal, resultando numa ambiguidade fascinante. Enquanto cuida da mãe com leucemia, um homem chamado Julián Herbert – o mesmo nome do autor do livro – escreve sobre ela, uma mulher que ganhou a vida como prostituta, e rememora a vida pregressa de mãe e filho pelo México num romance tão magnífico quanto doloroso.

Julián Herbert, um dos poetas mexicanos mais importantes da atualidade, é apresentado ao leitor brasileiro com Cantiga de findar, mais um título da coleção Otra Língua a chegar às prateleiras pela Rocco. O livro, que ganhou o Prêmio Jáen de romance e o Prêmio Elena Poniatowska em 2012, engrossa um filão literário moderno que já desfruta status de tradição: a narrativa em que se cruzam verdade autobiográfica e ficção pessoal, resultando numa ambiguidade fascinante. Enquanto cuida da mãe com leucemia, um homem chamado Julián Herbert – o mesmo nome do autor do livro – escreve sobre ela, uma mulher que ganhou a vida como prostituta, e rememora a vida pregressa de mãe e filho pelo México num romance tão magnífico quanto doloroso.

1 comentário em “Cantiga de findar – Julián HerbertAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *