Cangaceiros – José Lins do Rego

Cangaceiros – José Lins do Rego

Integrantes do chamado “Ciclo do Cangaço”, PEDRA BONITA e CANGACEIROS, de José Lins do Rêgo, abordam a realidade nordestina, fortemente marcada pela seca e pelo movimento do cangaço.
Lançado em 1953, CANGACEIROS retoma a história de Bentinho Já adulto, o rapaz se apaixona pela bela Alice. Irmão do mais famoso cangaceiro da região, o rapaz vive um amor proibido, uma vez que sua namorada é filha de um homem que odeia o cangaço. Apesar de ter uma história de amor como fio condutor, o sertão é o grande protagonista dessa saga. Com seu estilo crítico e observador das desigualdades sociais, José Lins do Rêgo aborda a luta pela sobrevivência no sertão, a brutalidade do cangaço e os motivos que levam os homens a entrar para o movimento.

Integrantes do chamado “Ciclo do Cangaço”, PEDRA BONITA e CANGACEIROS, de José Lins do Rêgo, abordam a realidade nordestina, fortemente marcada pela seca e pelo movimento do cangaço.
Lançado em 1953, CANGACEIROS retoma a história de Bentinho Já adulto, o rapaz se apaixona pela bela Alice. Irmão do mais famoso cangaceiro da região, o rapaz vive um amor proibido, uma vez que sua namorada é filha de um homem que odeia o cangaço. Apesar de ter uma história de amor como fio condutor, o sertão é o grande protagonista dessa saga. Com seu estilo crítico e observador das desigualdades sociais, José Lins do Rêgo aborda a luta pela sobrevivência no sertão, a brutalidade do cangaço e os motivos que levam os homens a entrar para o movimento.

1 comentário em “Cangaceiros – José Lins do RegoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *