Cadeiras Proibidas – Ignácio de Loyola Brandão

Cadeiras Proibidas – Ignácio de Loyola Brandão

Bom humor, ironia, cinismo, irreverência e profundidade. Assim se pode definir os contos deste livro, um dos mais vendidos e adorados de Ignácio de Loyola Brandão. Segundo o autor, as pessoas normais, neste livro, mostram que não são, nunca foram. Homens se transformam em barbantes. Mulheres para viver contam janelas. Gente só conta mentira até a mentira se tornar verdade. Homens querem eliminar a memória. Pessoas atravessam o vidro. Carteiros vêem lagartos comendo seus filhos. O mundo que está dentro das casas e das portas fechadas se revela neste livro em toda sua fantasia e absurdo.

Bom humor, ironia, cinismo, irreverência e profundidade. Assim se pode definir os contos deste livro, um dos mais vendidos e adorados de Ignácio de Loyola Brandão. Segundo o autor, as pessoas normais, neste livro, mostram que não são, nunca foram. Homens se transformam em barbantes. Mulheres para viver contam janelas. Gente só conta mentira até a mentira se tornar verdade. Homens querem eliminar a memória. Pessoas atravessam o vidro. Carteiros vêem lagartos comendo seus filhos. O mundo que está dentro das casas e das portas fechadas se revela neste livro em toda sua fantasia e absurdo.

1 comentário em “Cadeiras Proibidas – Ignácio de Loyola BrandãoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *