Caçadores de Bruxas – Dragões de Éter #01 – Raphael Draccon

Caçadores de Bruxas – Dragões de Éter #01 – Raphael Draccon

Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga. Essa influência e esse temor sobre a humanidade só têm fim quando Primo Branford, o filho de um moleiro, reúne o que são hoje os heróis mais conhecidos do mundo e lidera a histórica e violenta Caçada de Bruxas.

Primo Branford é hoje o Rei de Arzallum, e por 20 anos saboreia, satisfeito, a Paz. Nos últimos anos, entretanto, coisas estranhas começam a acontecer… Uma menina vê a própria avó ser devorada por um lobo marcado com magia negra. Dois irmãos comem estilhaços de vidro como se fossem passas silvestres e bebem água barrenta como se fosse suco, envolvidos pela magia escura de uma antiga bruxa canibal. O navio do mercenário mais sanguinário do mundo, o mesmo que acreditavam já estar morto e esquecido, retorna dos mares com um obscuro e ainda pior sucessor. E duas sociedades criminosas entram em guerra, dando início a uma intriga que irá mexer em profundos e tristes mistérios da família real.

Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga. Essa influência e esse temor sobre a humanidade só têm fim quando Primo Branford, o filho de um moleiro, reúne o que são hoje os heróis mais conhecidos do mundo e lidera a histórica e violenta Caçada de Bruxas.

Primo Branford é hoje o Rei de Arzallum, e por 20 anos saboreia, satisfeito, a Paz. Nos últimos anos, entretanto, coisas estranhas começam a acontecer… Uma menina vê a própria avó ser devorada por um lobo marcado com magia negra. Dois irmãos comem estilhaços de vidro como se fossem passas silvestres e bebem água barrenta como se fosse suco, envolvidos pela magia escura de uma antiga bruxa canibal. O navio do mercenário mais sanguinário do mundo, o mesmo que acreditavam já estar morto e esquecido, retorna dos mares com um obscuro e ainda pior sucessor. E duas sociedades criminosas entram em guerra, dando início a uma intriga que irá mexer em profundos e tristes mistérios da família real.

12 comentários em “Caçadores de Bruxas – Dragões de Éter #01 – Raphael DracconAdicione o seu →

  1. Comprei a caixa e ainda não tive a oportunidade de finalizar o primeiro. Sei lá, apesar de ter amado o estilo da narrativa, acho que ele usa referências demais, perdendo um pouco da autenticidade. Além disso, para uma história "sombria", há elementos que beiram a inocência (tipo um rei que constrói escolas etc).

    Foi um dos motivos que desmotivaram a minha leitura. Mas vou concluí-la. O Raphael Draccon além de ser um grande nome da literatura nacional e de merecer respeito pelo feito, é um querido pessoalmente. Bastante solícito.

  2. Gostei muito da forma narrativa de Draccon. Ele parece estar contando a história para você em uma conversa informal, o que é diferente de ler qualquer outro livro. Mas é um estilo "ame ou odeie"; há críticas divididas para todos os lados. De qualquer forma, vale a pena ler e tirar suas próprias conclusões =)

  3. Como disse a Izandra ame ou odeie! Muito ruim,o jeito como ele narra a história fica parecendo que o leitor tem 4 anos de idade! Um mistureba sem pé nem cabeça!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *