Bel Canto – Ann Patchett

Bel Canto – Ann Patchett

Na casa do vice-presidente de algum país da América do Sul, uma elegante festa de aniversário está sendo realizada. O homenageado é o Sr. Hosokawa, poderoso empresário japonês. Roxanne Coss, soprano de fama internacional, fascina os convidados. É uma noite perfeita – até que um bando armado invade o local pelos dutos de ar-condicionado e torna todos os convidados reféns. O objetivo inicial era sequestrar o presidente, mas ele ficou em casa assistindo à novela. E assim, desde o início, nada sai como o esperado.

No entanto, o que começa como um cenário de pânico e risco de vida evolui para algo completamente novo, com terroristas e reféns desenvolvendo laços inesperados e pessoas de diferentes países agindo como compatriotas. Compaixão, amizade e a possibilidade de um grande amor levam os personagens a esquecer a ameaça real que os cerca.

Ao transitar com maestria pela mente e pelo coração de reféns e terroristas, Ann Patchett constrói um romance que revela uma humanidade profunda. Com sua voz sutilmente lírica e melódica, a autora faz de Bel Canto um gentil lembrete sobre a transcendência e a beleza do amor.

Bel Canto – Ann PatchettNa casa do vice-presidente de algum país da América do Sul, uma elegante festa de aniversário está sendo realizada. O homenageado é o Sr. Hosokawa, poderoso empresário japonês. Roxanne Coss, soprano de fama internacional, fascina os convidados. É uma noite perfeita – até que um bando armado invade o local pelos dutos de ar-condicionado e torna todos os convidados reféns. O objetivo inicial era sequestrar o presidente, mas ele ficou em casa assistindo à novela. E assim, desde o início, nada sai como o esperado.

No entanto, o que começa como um cenário de pânico e risco de vida evolui para algo completamente novo, com terroristas e reféns desenvolvendo laços inesperados e pessoas de diferentes países agindo como compatriotas. Compaixão, amizade e a possibilidade de um grande amor levam os personagens a esquecer a ameaça real que os cerca.

Ao transitar com maestria pela mente e pelo coração de reféns e terroristas, Ann Patchett constrói um romance que revela uma humanidade profunda. Com sua voz sutilmente lírica e melódica, a autora faz de Bel Canto um gentil lembrete sobre a transcendência e a beleza do amor.

1 comentário em “Bel Canto – Ann PatchettAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *