Autobiografia: O Mundo De Ontem – Stefan Zweig

Autobiografia: O Mundo De Ontem – Stefan Zweig

Como austríaco, judeu, escritor, humanista e pacifista Stefan Zweig esteve sempre onde os incontáveis abalos que atingiram seu tempo se fizeram sentir de maneira mais violenta. Concluídas às vésperas de seu suicídio em 1942, estas memórias têm como protagonista não apenas o escritor, mas também sua geração e o mundo que ela foi a última a conhecer.

Com a lucidez habitual e uma dose extra de emoção, Zweig nos oferece aqui um vívido retrato sociopolítico de seu tempo – e um guia para se entender o presente e perceber os contornos do futuro. Da juventude em Viena à fuga para o exílio no Brasil, o derradeiro, escreve de memória e de coração, num intenso exercício de reconstrução, análise e alerta.

Em suas próprias palavras, e com a prosa envolvente de sempre, temos aqui Stefan Zweig, sem mediações ou intérpretes, no melhor dos perfis que escreveu.

Como austríaco, judeu, escritor, humanista e pacifista Stefan Zweig esteve sempre onde os incontáveis abalos que atingiram seu tempo se fizeram sentir de maneira mais violenta. Concluídas às vésperas de seu suicídio em 1942, estas memórias têm como protagonista não apenas o escritor, mas também sua geração e o mundo que ela foi a última a conhecer.

Com a lucidez habitual e uma dose extra de emoção, Zweig nos oferece aqui um vívido retrato sociopolítico de seu tempo – e um guia para se entender o presente e perceber os contornos do futuro. Da juventude em Viena à fuga para o exílio no Brasil, o derradeiro, escreve de memória e de coração, num intenso exercício de reconstrução, análise e alerta.

Em suas próprias palavras, e com a prosa envolvente de sempre, temos aqui Stefan Zweig, sem mediações ou intérpretes, no melhor dos perfis que escreveu.

1 comentário em “Autobiografia: O Mundo De Ontem – Stefan ZweigAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *