Assassino Branco – Philip Kerr

Assassino Branco – Philip Kerr

Em Berlim, um ano antes da Segunda Guerra Mundial eclodir, Bernie Gunther, ex-tira que deixou a polícia e se tornou investigador particular por discordar do nazismo, leva tranqüilamente sua vida, solucionando casos de judeus desaparecidos. Até que um chefão do governo o intima a voltar à ativa e a descobrir o responsável pela série de violentos seqüestros e assassinatos de garotas alemãs arianas que poderia detonar antecipadamente o massacre dos judeus. Assassino Branco é o mais novo livro do escritor inglês Philip Kerr, mais um título da Coleção Negra, dedicada aos maiores mestres da literatura policial.
No segundo volume da trilogia Berlim Noir, iniciada com Violetas de março, Philip Kerr envolve seu personagem principal num mundo de corrupção e violência. Bernie, de volta à polícia, usa seus próprios métodos, empresta outros da Gestapo – todos igualmente cruéis – para infiltrar-se num submundo infestado de sexo, drogas, poder, riqueza e desprezo pelo ser humano. Quanto mais investiga, mais corre riscos: descobre informações preciosas sobre o alto escalão nazista que, se usadas contra alguns dos mais poderosos homens do Terceiro Reich, provocariam conseqüências imprevisíveis.
Assassino Branco recria a atmosfera da Berlim do final dos anos 30, cenário perfeito para um romance policial. E Philip Kerr povoa suas ruas sinistras com personagens perversos e inseguros que, por causa do medo do regime nazista, fazem qualquer coisa para conquistar seus objetivos e garantir suas peles.

Em Berlim, um ano antes da Segunda Guerra Mundial eclodir, Bernie Gunther, ex-tira que deixou a polícia e se tornou investigador particular por discordar do nazismo, leva tranqüilamente sua vida, solucionando casos de judeus desaparecidos. Até que um chefão do governo o intima a voltar à ativa e a descobrir o responsável pela série de violentos seqüestros e assassinatos de garotas alemãs arianas que poderia detonar antecipadamente o massacre dos judeus. Assassino Branco é o mais novo livro do escritor inglês Philip Kerr, mais um título da Coleção Negra, dedicada aos maiores mestres da literatura policial.
No segundo volume da trilogia Berlim Noir, iniciada com Violetas de março, Philip Kerr envolve seu personagem principal num mundo de corrupção e violência. Bernie, de volta à polícia, usa seus próprios métodos, empresta outros da Gestapo – todos igualmente cruéis – para infiltrar-se num submundo infestado de sexo, drogas, poder, riqueza e desprezo pelo ser humano. Quanto mais investiga, mais corre riscos: descobre informações preciosas sobre o alto escalão nazista que, se usadas contra alguns dos mais poderosos homens do Terceiro Reich, provocariam conseqüências imprevisíveis.
Assassino Branco recria a atmosfera da Berlim do final dos anos 30, cenário perfeito para um romance policial. E Philip Kerr povoa suas ruas sinistras com personagens perversos e inseguros que, por causa do medo do regime nazista, fazem qualquer coisa para conquistar seus objetivos e garantir suas peles.

1 comentário em “Assassino Branco – Philip KerrAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *