As Melhores Historias da Mitologia Nórdica – A. S. Francini

As Melhores Historias da Mitologia Nórdica – A. S. Francini

Reúne, num único volume, as principais lendas relativas à mitologia dos povos que habitaram, nos tempos pré-cristãos, os atuais países escandinavos (Noruega, Suécia e Dinamarca), além da gélida Islândia. Este conjunto de mitos também teve especial desenvolvimento na Alemanha, que foi a grande divulgadora da cultura dos nórdicos. Com a expansão das navegações vikings, esta difusão alcançou os povos de língua inglesa e deixou sua marca na própria denominação dos dias da semana destes países (Thursday, por exemplo, é o “dia de Thor”, e Friday, “dia de Freya”.)
Fonte de inspiração para as mais variadas áreas, a mitologia nórdica influenciou uma legião de artistas na criação de suas próprias obras, tal como o escritor inglês J. R. R. Tolkien e o argentino Jorge Luís Borges. Também o compositor alemão Richard Wagner utilizou as lendas vikings para compor a famosa tetralogia operística O Anel dos Nibelungos, que apresentamos sob a forma romanceada de uma pequena novela, na segunda parte deste volume. Nestas histórias, não faltam ação, romance e até a presença de uma insuspeita veia cômica, já que a maioria dos personagens transitam pelo grotesco, numa profusão de anões, gigantes e elfos. Eis aqui uma das principais “raízes” das modernas sagas de RPG.

Reúne, num único volume, as principais lendas relativas à mitologia dos povos que habitaram, nos tempos pré-cristãos, os atuais países escandinavos (Noruega, Suécia e Dinamarca), além da gélida Islândia. Este conjunto de mitos também teve especial desenvolvimento na Alemanha, que foi a grande divulgadora da cultura dos nórdicos. Com a expansão das navegações vikings, esta difusão alcançou os povos de língua inglesa e deixou sua marca na própria denominação dos dias da semana destes países (Thursday, por exemplo, é o “dia de Thor”, e Friday, “dia de Freya”.)
Fonte de inspiração para as mais variadas áreas, a mitologia nórdica influenciou uma legião de artistas na criação de suas próprias obras, tal como o escritor inglês J. R. R. Tolkien e o argentino Jorge Luís Borges. Também o compositor alemão Richard Wagner utilizou as lendas vikings para compor a famosa tetralogia operística O Anel dos Nibelungos, que apresentamos sob a forma romanceada de uma pequena novela, na segunda parte deste volume. Nestas histórias, não faltam ação, romance e até a presença de uma insuspeita veia cômica, já que a maioria dos personagens transitam pelo grotesco, numa profusão de anões, gigantes e elfos. Eis aqui uma das principais “raízes” das modernas sagas de RPG.

 

15 comentários em “As Melhores Historias da Mitologia Nórdica – A. S. FranciniAdicione o seu →

  1. Opa, tô aqui juntando meus pontinhos, porque esse eu tô na pilha de baixar. Adoro mitologia em geral e a nórdica ultimamente, até por conta de filmes como Thor, Avengers, deu uma aguçada a mais, hehe. Novamente, valeu demais! Tá na lista pra ser baixado. =)

  2. Já li o livro 100 melhores histórias da mitologia. Agara gostava de ler este, mas infelizmente ainda não tenho pontos suficientes….Tenho de esperar mais uns dias

  3. Eu tenho este livro e recomendo a todos que querem conhecer a mitologia nórdica.
    Fica aqui um pedido ao exilado: quando puder, poste os outros livros de mitologia desses autores.

    Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *