As ilhas da corrente – Ernest Hemingway

As ilhas da corrente – Ernest Hemingway

Publicado primeiramente em 1970, nove anos após a morte de Ernest Hemingway, ‘As Ilhas da Corrente’ é a história de um artista e aventureiro – um homem nos moldes do próprio Hemingway. Rico no sentido imprevisível de sua própria vida e em ação característica de sua escrita – presente em histórias como ‘O Velho e o Mar’ e outros – este romance contém o calor, o senso de humor e um raro sentido da vida que torna Hemingway único, cena após cena.
Começando na década de 1930, ‘As Ilhas da Corrente’ narra o destino de Thomas Hudson, suas experiências como pintor nas ilhas da corrente do golfo de Bimini e suas atividades anti-submarinas no literal de Cuba durante a Segunda Guerra Mundial.
Sua solidão é quebrada, entretanto, quando recebe visita, durante as férias, de seus três filhos. A parte mais emocionante da história ocorre num bar em Havana, onde uma vasta gama de personagens se encontram – incluindo uma prostituta que se destaca como uma das mais vívidas criações de Hemingway – desenvolvendo diálogos incrivelmente ricos.

 As ilhas da corrente - Ernest Hemingway Ernest Hemingway

 As ilhas da corrente - Ernest Hemingway Ernest Hemingway   Publicado primeiramente em 1970, nove anos após a morte de Ernest Hemingway, ‘As Ilhas da Corrente’ é a história de um artista e aventureiro – um homem nos moldes do próprio Hemingway. Rico no sentido imprevisível de sua própria vida e em ação característica de sua escrita – presente em histórias como ‘O Velho e o Mar’ e outros – este romance contém o calor, o senso de humor e um raro sentido da vida que torna Hemingway único, cena após cena.
Começando na década de 1930, ‘As Ilhas da Corrente’ narra o destino de Thomas Hudson, suas experiências como pintor nas ilhas da corrente do golfo de Bimini e suas atividades anti-submarinas no literal de Cuba durante a Segunda Guerra Mundial.
Sua solidão é quebrada, entretanto, quando recebe visita, durante as férias, de seus três filhos. A parte mais emocionante da história ocorre num bar em Havana, onde uma vasta gama de personagens se encontram – incluindo uma prostituta que se destaca como uma das mais vívidas criações de Hemingway – desenvolvendo diálogos incrivelmente ricos.

 As ilhas da corrente - Ernest Hemingway Ernest Hemingway

1 comentário em “As ilhas da corrente – Ernest HemingwayAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *