As Cobras – Luis Fernando Verissimo

As Cobras – Luis Fernando Verissimo

“As Cobras são o produto da combinação do meu gosto por quadrinhos com minhas limitações como desenhista. Cobra é muito fácil de fazer, só tem pescoço. Elas começaram no Zero Hora, de Porto Alegre. Era o tempo da censura, e muitas vezes se podia dizer com desenhos o que não dava para se dizer com textos. As Cobras dão palpite sobre tudo, mas prefiro as cobras filosóficas, comentando a insignificância dos répteis – incluindo os répteis humanos – diante do Universo”. O escritor Luis Fernando Verissimo pode ficar muitas horas por dia debruçado na sua prancheta, em sua casa em Porto Alegre – assim nasceram as Cobras, nos anos 70, para delírio nosso. Modéstia dele, você já deve ter percebido: com uma impressionante economia de traços, Verissimo conseguiu criar a dupla mais inteligente, divertida e metafísica dos quadrinhos brasileiros. As Cobras surpreendem, cativam, têm medo, mas depois resolvem ser fortes e desafiam Deus, o técnico de futebol, os políticos da capital… e se sentem uma titica, ou melhor, duas titicas… Alguém já se sentiu assim? Pois então, o escritor e desenhista traduz, como ninguém, nossa coragem, e também nossa covardia, nessas tiras hilárias e impiedosas.

As Cobras – Luis Fernando Verissimo“As Cobras são o produto da combinação do meu gosto por quadrinhos com minhas limitações como desenhista. Cobra é muito fácil de fazer, só tem pescoço. Elas começaram no Zero Hora, de Porto Alegre. Era o tempo da censura, e muitas vezes se podia dizer com desenhos o que não dava para se dizer com textos. As Cobras dão palpite sobre tudo, mas prefiro as cobras filosóficas, comentando a insignificância dos répteis – incluindo os répteis humanos – diante do Universo”. O escritor Luis Fernando Verissimo pode ficar muitas horas por dia debruçado na sua prancheta, em sua casa em Porto Alegre – assim nasceram as Cobras, nos anos 70, para delírio nosso. Modéstia dele, você já deve ter percebido: com uma impressionante economia de traços, Verissimo conseguiu criar a dupla mais inteligente, divertida e metafísica dos quadrinhos brasileiros. As Cobras surpreendem, cativam, têm medo, mas depois resolvem ser fortes e desafiam Deus, o técnico de futebol, os políticos da capital… e se sentem uma titica, ou melhor, duas titicas… Alguém já se sentiu assim? Pois então, o escritor e desenhista traduz, como ninguém, nossa coragem, e também nossa covardia, nessas tiras hilárias e impiedosas.

1 comentário em “As Cobras – Luis Fernando VerissimoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *