As Cariocas – Sergio Porto

As Cariocas – Sergio Porto

Nesta coleção de novelas, o clã dos Ponte Preta, capitaneado por Tia Zulmira, tira seu time de campo para a entrada em cena de mulheres que, no lugar de nome e sobrenome, são conhecidas pelo bairro carioca onde vivem e por adjetivos que revelam estado civil, posição social ou disposição libidinosa: a Grã-fina de Copacabana, a Noiva do Catete, a Donzela da Televisão, a Desinibida do Grajaú, a Desquitada da Tijuca e a Currada de Madureira. Na carteira de identidade elas são Sarita, Luci, Zelinda, Marlene, Marta e Lucimar. Todas elas, cariocas da vida real, sedutoras de formas muito particulares, das que posam de bacanas postadas à beira-mar às moças da classe média mais empedernida.

Nesta coleção de novelas, o clã dos Ponte Preta, capitaneado por Tia Zulmira, tira seu time de campo para a entrada em cena de mulheres que, no lugar de nome e sobrenome, são conhecidas pelo bairro carioca onde vivem e por adjetivos que revelam estado civil, posição social ou disposição libidinosa: a Grã-fina de Copacabana, a Noiva do Catete, a Donzela da Televisão, a Desinibida do Grajaú, a Desquitada da Tijuca e a Currada de Madureira. Na carteira de identidade elas são Sarita, Luci, Zelinda, Marlene, Marta e Lucimar. Todas elas, cariocas da vida real, sedutoras de formas muito particulares, das que posam de bacanas postadas à beira-mar às moças da classe média mais empedernida.

 

1 comentário em “As Cariocas – Sergio PortoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *