Apple é condenada a pagar US$ 450 milhões em caso de e-books

Apple é condenada a pagar US$ 450 milhões em caso de e-books

O processo conhecido como ‘Caso do E-Book’, que começou em 2012, finalmente chegou ao fim, com uma decisão nada vantajosa para a Apple. O Supremo Tribunal decidiu que a empresa terá de pagar US$ 450 milhões, cerca de R$ 1,8 bilhão.

O processo conhecido como ‘Caso do E-Book’, que começou em 2012, finalmente chegou ao fim, com uma decisão nada vantajosa para a Apple. O Supremo Tribunal decidiu que a empresa terá de pagar US$ 450 milhões, cerca de R$ 1,8 bilhão.

O Departamento de Justiça alegou que a companhia conspirou com as editoras Penguin, HarperCollins, Hachette, Simon & Schuster e Macmillan para aumentar os preços dos livros eletrônicos para promover o iPad em 2010.

Na época, o valor do e-book passou de US$ 12,99 para US$ 14,99 por exigência da Apple, que afirmou que a decisão da justiça irá prejudicar a concorrência e a economia nacional.

Além dos US$ 450 milhões, a companhia deverá pagar os US$ 30 milhões de honorários advocatícios e US$ 20 milhões para o governo dos Estados Unidos. A empresa tinha conseguido um acordo com o Departamento de Justiça, mas optou em apelar para o Supremo Tribunal.

Via The Verge

É possível que tenhamos ao similar no Brasil? Deixe sua opinião!

1 comentário em “Apple é condenada a pagar US$ 450 milhões em caso de e-booksAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *