Antologia – Robert Silverberg

Antologia – Robert Silverberg

Antologia que reúne dois livros de contos do famoso escritor de ficção científica Robert Silverberg.

RUMO AOS MUNDOS DO FUTURO

O Velho, Novos Homens para Marte, Equipes Colecionadoras, Duplo Desafio, O Polegar do Soberano, Ozymandias, Certeza, Tino para Negócios, Os Desajustados – São os títulos destes “nove possíveis amanhãs”, destas “nove viagens aos mundos do futuro” — como as chamou seu autor, Robert Silverberg, escritor dos mais cotados atualmente no gênero “antecipação”.

Apresentado ao leitor de maneira altamente elogiosa por Isaac Asimov — decano dos escritores de ficção científica, Robert Silverberg, autor de inúmeros contos e de mais de vinte livros, pode dispensar qualquer outra apresentação.

OUTROS TEMPOS, OUTROS MUNDOS

Antologia, lançada em 1970, de Robert Silverberg, com os seguintes contos: O Homem que Jamais Esquecia, Ismael Apaixonado, Viagem de Ida sem Volta, Nascer do Sol em Mercúrio, Os Exógamos, Estrada para o Anoitecer, Um Descer Suave, A Contraparte, Moscas, Os Dentes das Árvores.

O futuro, talvez não muito remoto, aqui retratado em termos tão realistas e convincentes, pode despertar curiosidade, ou angústia, ou interesse, ou esperanças de novos progressos para a pobre condição humana. Conhecendo-a profundamente, e analisando o homem do futuro pelo homem do presente, e, assim, podendo tirar lições antecipadas do que está por acontecer, é que Robert Silverberg pôde conquistar lugar de tamanho destaque no ramo da ficção científica, a ponto de Isaac Asimov confessar-se preocupado com a perda do lugar que de direito lhe pertence, o de mestre absoluto no gênero.

Antologia que reúne dois livros de contos do famoso escritor de ficção científica Robert Silverberg. RUMO AOS MUNDOS DO FUTURO O Velho, Novos Homens para Marte, Equipes Colecionadoras, Duplo Desafio, O Polegar do Soberano, Ozymandias, Certeza, Tino para Negócios, Os Desajustados – São os títulos destes “nove possíveis amanhãs”, destas “nove viagens aos mundos do futuro” — como as chamou seu autor, Robert Silverberg, escritor dos mais cotados atualmente no gênero “antecipação”. Apresentado ao leitor de maneira altamente elogiosa por Isaac Asimov — decano dos escritores de ficção científica, Robert Silverberg, autor de inúmeros contos e de mais de vinte livros, pode dispensar qualquer outra apresentação. OUTROS TEMPOS, OUTROS MUNDOS Antologia, lançada em 1970, de Robert Silverberg, com os seguintes contos: O Homem que Jamais Esquecia, Ismael Apaixonado, Viagem de Ida sem Volta, Nascer do Sol em Mercúrio, Os Exógamos, Estrada para o Anoitecer, Um Descer Suave, A Contraparte, Moscas, Os Dentes das Árvores. O futuro, talvez não muito remoto, aqui retratado em termos tão realistas e convincentes, pode despertar curiosidade, ou angústia, ou interesse, ou esperanças de novos progressos para a pobre condição humana. Conhecendo-a profundamente, e analisando o homem do futuro pelo homem do presente, e, assim, podendo tirar lições antecipadas do que está por acontecer, é que Robert Silverberg pôde conquistar lugar de tamanho destaque no ramo da ficção científica, a ponto de Isaac Asimov confessar-se preocupado com a perda do lugar que de direito lhe pertence, o de mestre absoluto no gênero.