Antologia do Teatro Brasileiro – Século XIX – Alexandre Mate, Pedro Moritz Schwarcz (Orgs.)

Antologia do Teatro Brasileiro – Século XIX – Alexandre Mate, Pedro Moritz Schwarcz (Orgs.)

Desde o século XIX, quando a tradição teatral começou a se consolidar no Brasil, um gênero em especial se destacou como vocação maior da dramaturgia nacional: a comédia. Apesar de desdenhado por críticos, intérpretes e até pelos próprios autores, o texto cômico se mostrou uma tentação irresistível para muitos autores, até mesmo para os grandes nomes do período romântico brasileiro.
Nesta antologia, estão reunidas peças cômicas dos mais diferentes estilos. A farsesca comédia de costumes de Martins Pena; o vaudeville burlesco de Joaquim Manuel de Macedo; o humor bem comportado de José de Alencar. E também a ironia elegante de Machado de Assis, a sátira implacável de França Júnior e a comédia, a um só tempo, de entretenimento e crítica social de Artur Azevedo. Por último, o texto inovador e iconoclasta de Qorpo-Santo.

Desde o século XIX, quando a tradição teatral começou a se consolidar no Brasil, um gênero em especial se destacou como vocação maior da dramaturgia nacional: a comédia. Apesar de desdenhado por críticos, intérpretes e até pelos próprios autores, o texto cômico se mostrou uma tentação irresistível para muitos autores, até mesmo para os grandes nomes do período romântico brasileiro.
Nesta antologia, estão reunidas peças cômicas dos mais diferentes estilos. A farsesca comédia de costumes de Martins Pena; o vaudeville burlesco de Joaquim Manuel de Macedo; o humor bem comportado de José de Alencar. E também a ironia elegante de Machado de Assis, a sátira implacável de França Júnior e a comédia, a um só tempo, de entretenimento e crítica social de Artur Azevedo. Por último, o texto inovador e iconoclasta de Qorpo-Santo.

1 comentário em “Antologia do Teatro Brasileiro – Século XIX – Alexandre Mate, Pedro Moritz Schwarcz (Orgs.)Adicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *