Alexandre VI: Bórgia, o papa sinistro – Volker Reinhardt

Alexandre VI: Bórgia, o papa sinistro – Volker Reinhardt

Em quase 2.000 anos de cristianismo, nenhum papa foi tão polêmico quanto Alexandre VI, nascido Rodrigo Borja. Nos 11 anos do seu pontificado, o Vaticano foi quartel-general de guerras, palco de envenenamentos, assassinatos, subornos, chantagens, desvios de dinheiro da Igreja e nepotismo no mais alto grau. Inclusive, com a participação do sumo pontífice em orgias envolvendo até 50 mulheres.

A partir de fontes recentemente disponíveis, Volker Reinhardt traz à luz fatos novos da trajetória deste papa sinistro, compartilhando com o leitor seu profundo trabalho de investigação. Sua reconstituição da vida do papa Alexandre VI resulta em um relato fiel e ainda mais surpreendente do que qualquer ficção.

Fatos sobre Alexandre VI
• Nascido na Espanha como Borja, Rodrigo italianizou o nome para Borgia quando foi estudar Direito em Bolonha.
• Quando da elevação do tio materno ao papado como Calisto III, Rodrigo foi ordenado diácono, aos 24 anos; e sacerdote, aos 37. A partir de então, não parou de ascender na hierarquia da Igreja.
• Serviu na cúria romana acinco papas e, com a morte de Inocêncio VIII, comprou sua eleição para o Trono de São Pedro. Contava, então, 61 anos e tinha três filhos e uma filha com uma amante de longa data.
• Foi Alexandre VI quem emitiu a Bula Inter Coetera, dividindo o Novo Mundo entre Portugal e Espanha. Os limites portugueses foram mais tarde renegociados no Tratado de Tordesilhas, de modo a incluir, como possessão de Portugal, parte do que é hoje o Brasil.

Alexandre VI: Bórgia, o papa sinistro - Volker ReinhardtEm quase 2.000 anos de cristianismo, nenhum papa foi tão polêmico quanto Alexandre VI, nascido Rodrigo Borja. Nos 11 anos do seu pontificado, o Vaticano foi quartel-general de guerras, palco de envenenamentos, assassinatos, subornos, chantagens, desvios de dinheiro da Igreja e nepotismo no mais alto grau. Inclusive, com a participação do sumo pontífice em orgias envolvendo até 50 mulheres.

A partir de fontes recentemente disponíveis, Volker Reinhardt traz à luz fatos novos da trajetória deste papa sinistro, compartilhando com o leitor seu profundo trabalho de investigação. Sua reconstituição da vida do papa Alexandre VI resulta em um relato fiel e ainda mais surpreendente do que qualquer ficção.

Fatos sobre Alexandre VI
• Nascido na Espanha como Borja, Rodrigo italianizou o nome para Borgia quando foi estudar Direito em Bolonha.
• Quando da elevação do tio materno ao papado como Calisto III, Rodrigo foi ordenado diácono, aos 24 anos; e sacerdote, aos 37. A partir de então, não parou de ascender na hierarquia da Igreja.
• Serviu na cúria romana acinco papas e, com a morte de Inocêncio VIII, comprou sua eleição para o Trono de São Pedro. Contava, então, 61 anos e tinha três filhos e uma filha com uma amante de longa data.
• Foi Alexandre VI quem emitiu a Bula Inter Coetera, dividindo o Novo Mundo entre Portugal e Espanha. Os limites portugueses foram mais tarde renegociados no Tratado de Tordesilhas, de modo a incluir, como possessão de Portugal, parte do que é hoje o Brasil.