Abarat – Clive Barker

Compartilhe:

Abarat é o primeiro dos quatro romances de fantasia da série infanto-juvenil escrita e ilustrada pelo escritor americano Clive Barker. Nesse primeiro livro, a menina Candy Quackenbush deixa o tédio de Galinhópolis, onde mora, para conhecer um mundo fascinante e imprevisível. O arquipélago de Abarat, povoado das mais estranhas criaturas, é banhado pelo Mar de Izabella, e cada uma de suas ilhas corresponde a uma hora do dia. Ao chegar a esse universo misterioso, Candy nem imagina o perigo que corre.
Cristóvão Carniça, o sinistro Lorde da Meia-Noite, tem um inexplicável interesse pela garota e tenta capturá-la por meio de inúmeros recursos mágicos e técnicos. Para fugir de Carniça e seu bando, ela conta com a ajuda de poucos amigos: João Treloso, um simpático ladrãozinho de oito cabeças muito tagarelas, um aprendiz de feiticeiro que sabe andar pelas paredes e lulas que funcionam como telescópios.
Seja nas garras de uma mariposa gigante, montada num Saltador-do-Mar, seja voando numa máquina feita com palavras, a garota viaja por Abarat sem rumo e sem descanso. Ela ainda terá de escapar de outros seres que a perseguem, como o rico empresário Rojo Pixler, que coleciona bichos exóticos. Mas as Irmãs de Fantomaya, três feiticeiras que parecem já conhecer a garota há muito tempo, fazem revelações a Candy e lhe dão conselhos enigmáticos.
A garota não entende exatamente o que as feiticeiras dizem, mas compreende que está ligada a Abarat por laços antigos e que é muito mais que uma estudante qualquer do Mais-Além (como os habitantes de Abarat se referem ao nosso mundo). Ela entende que tem uma missão importante para cumprir ali e que o futuro do arquipélago pode estar nas mãos dela.
Candy percorre todo o universo de Abarat, vivendo aventura atrás de aventura, numa jornada turbulenta que revela estranhos segredos sobre a vida e sobre ela própria.

 

(Visited 9 times, 1 visits today)
Compartilhe:

5 thoughts on “Abarat – Clive Barker

  1. Clive Barker é o autor de Hellraiser. Nunca li este livro. Sempre tive muita curiosidade de ler seus livros. Espero ainda poder encontrar Hellraiser. Parabéns sr. Exilado! Nota 10!

  2. Eu li, muito legal, diferente pra quem gosta do Barker, mas com um leve toque do terror dele, de leve …. vale a pena, quero ler o restante da série

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *