cover

A Virtude do Egoísmo – Ayn Rand

Este é um livro que trata principalmente da ética. Mas não se limita a indagações de ordem filosófica. Vai muito além, pois sua autora não vê a ética como uma fantasia mística, nem como uma convenção social, nem como um luxo subjetivo descartável. A ética é uma necessidade objetiva para a sobrevivência do homem enquanto ser humano

A ética Objetivista defende o individualismo e o egoísmo racional, ou seja, uma moral baseada na defesa dos direitos e valores necessários para a sobrevivência e realização do ser humano no gozo de total liberdade; ele não vive para satisfazer os demais, mas sim como um fim em si mesmo. Tudo dentro de um ambiente de absoluto respeito aos direitos individuais e sobre o fundamento de que nenhum homem – ou grupo de homens – tem o direito de iniciar atos de violência (física, moral ou intelectual) contra outros.

As questões filosóficas, neste livro, estão ligadas a temas importantes da atualidade, como: os limites do governo; a arrecadação de impostos; os recursos utilizados nos discursos políticos considerados “conservador” e “progressista” e os pontos que possuem em comum; o racismo; o individualismo; a utilização da linguagem como forma de distorcer conceitos fundamentais, como direito, moral e egoísmo, etc.

Este é um livro que trata principalmente da ética. Mas não se limita a indagações de ordem filosófica. Vai muito além, pois sua autora não vê a ética como uma fantasia mística, nem como uma convenção social, nem como um luxo subjetivo descartável. A ética é uma necessidade objetiva para a sobrevivência do homem enquanto ser humano

A ética Objetivista defende o individualismo e o egoísmo racional, ou seja, uma moral baseada na defesa dos direitos e valores necessários para a sobrevivência e realização do ser humano no gozo de total liberdade; ele não vive para satisfazer os demais, mas sim como um fim em si mesmo. Tudo dentro de um ambiente de absoluto respeito aos direitos individuais e sobre o fundamento de que nenhum homem – ou grupo de homens – tem o direito de iniciar atos de violência (física, moral ou intelectual) contra outros.

As questões filosóficas, neste livro, estão ligadas a temas importantes da atualidade, como: os limites do governo; a arrecadação de impostos; os recursos utilizados nos discursos políticos considerados “conservador” e “progressista” e os pontos que possuem em comum; o racismo; o individualismo; a utilização da linguagem como forma de distorcer conceitos fundamentais, como direito, moral e egoísmo, etc.

1 comentário em “A Virtude do Egoísmo – Ayn RandAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *