A verdadeira vida de Sebastian Knight – Vladimir Nabokov

Compartilhe:

Para a Vogue americana, Nabokov explicou numa entrevista em 1969:

“Se eu acho que um escritor deve dar entrevistas? Por que não? É claro que no sentido restrito, um poeta, um romancista, não é exatamente uma celebridade (…) Não posso simpatizar por alguém que tenha mais interesse em me conhecer do que aos meus livros. Como um espécime humano, não apresento nenhuma característica fascinante. Meus hábitos são simples, meus gostos são banais.(…)Eu realmente não acredito que falar de mim ajuda a vender meus livros. O que realmente me agrada em falar para o público é a oportunidade que isso me dá de construir a imagem do que eu espero ser uma personalidade plausível e não completamente desagradável.”

Primeiro romance escrito em inglês por Vladimir Nabokov, A verdadeira vida de Sebastian Knight é um dos livros mais impressionantes — e menos conhecidos — do autor. Ao criar uma paródia de uma narrativa policial — com suas pistas, reviravoltas e suspense —, ele constrói um impressionante relato sobre um homem que tenta desvendar a vida de seu meio-irmão, um consagrado escritor.
Criador de obras originais, Sebastian Knight viveu seus últimos anos recluso, atormentado pelo amor não correspondido por uma misteriosa amante russa. Após sua morte, o narrador, denominado apenas “V.”, entrevista conhecidos e, como um detetive, segue indícios que podem revelar um pouco mais da trajetória de seu meio-irmão. Pretende também desbancar a outra biografia de Sebastian, escrita por um certo Sr. Goodman, que, segundo ele, está repleta de erros grosseiros.
No entanto, a nova biografia é cheia de detalhes imaginativos e a história que traça, cada vez mais fantasiosa, transforma-se numa missão detetivesca quando ele finalmente se põe no encalço do último amor de Sebastian.
Publicado originalmente em 18 de dezembro de 1941, A verdadeira vida de Sebastian Knight traz o melhor da ironia de Nabokov.

Quer baixar rapidamente e sem propaganda? Torna-se nosso patrono clicando aqui

(Visited 705 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *