À Sombra das Maiorias Silenciosas – Jean Baudrillard

À Sombra das Maiorias Silenciosas – Jean Baudrillard

As maiorias silenciosas, as massas, são resistentes a qualquer forma de organização social total e planejada: não hesitam em trocar uma manifestação política importante por um jogo de futebol na televisão; matam-se como moscas em guerras cujos objetivos simplesmente não lhes interessam e acompanham emocionados os deslocamentos de uma família da realeza.

A partir de uma investigação instigante e demolidora, Jean Baudrillard afirma que não há poder, não há saber que sobreviva ao efeito corrosivo dessa atuação espetacular das massas. Por que então não se mirar nesse espelho e reconhecer a falência de todos os poderes e saberes que pretendem absorvê-las?

As maiorias silenciosas, as massas, são resistentes a qualquer forma de organização social total e planejada: não hesitam em trocar uma manifestação política importante por um jogo de futebol na televisão; matam-se como moscas em guerras cujos objetivos simplesmente não lhes interessam e acompanham emocionados os deslocamentos de uma família da realeza.

A partir de uma investigação instigante e demolidora, Jean Baudrillard afirma que não há poder, não há saber que sobreviva ao efeito corrosivo dessa atuação espetacular das massas. Por que então não se mirar nesse espelho e reconhecer a falência de todos os poderes e saberes que pretendem absorvê-las?

1 comentário em “À Sombra das Maiorias Silenciosas – Jean BaudrillardAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *