A Sociedade dos Indivíduos – Nobert Elias

A Sociedade dos Indivíduos – Nobert Elias

Com um título sugestivo, este livro ergue-se como testemunho da coerência intelectual de Norbert Elias. Consistindo de três ensaios interrelacionados o primeiro redigido em 1939, o segundo entre 1940 e 1950 e o terceiro em 1987 -, “A Sociedade dos Indivíduos” aborda uma questão central: qual a relação entre a pluralidade de pessoas e a pessoa singular a que chamamos “indivíduo”, e da pessoa singular com a pluralidade? O propósito do autor é promover a emancipação de um uso mais antigo, estabelecendo um novo modelo da maneira como os seres humanos individuais ligam-se uns aos outros numa pluralidade, isto é, numa sociedade.

 A Sociedade dos Indivíduos – Nobert Elias Nobert Elias

Com um título sugestivo, este livro ergue-se como testemunho da coerência intelectual de Norbert Elias. Consistindo de três ensaios interrelacionados o primeiro redigido em 1939, o segundo entre 1940 e 1950 e o terceiro em 1987 -, “A Sociedade dos Indivíduos” aborda uma questão central: qual a relação entre a pluralidade de pessoas e a pessoa singular a que chamamos “indivíduo”, e da pessoa singular com a pluralidade? O propósito do autor é promover a emancipação de um uso mais antigo, estabelecendo um novo modelo da maneira como os seres humanos individuais ligam-se uns aos outros numa pluralidade, isto é, numa sociedade.

 A Sociedade dos Indivíduos – Nobert Elias Nobert Elias

1 comentário em “A Sociedade dos Indivíduos – Nobert EliasAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *