A restauração das horas – Paul Harding

A restauração das horas – Paul Harding

Em uma estréia literária que valeu o Pulitzer de ficção em 2010, o autor Paul Harding, conta a história de um relojoeiro chamado George Washington Crosby, que em seu leito de morte começa a ter alucinações, e vê as paredes e o teto de seu quarto se destruírem, sendo seguidos pela queda do céu e das estrelas. Aos poucos George vai percebendo que o tempo se desprendeu do relógio, permitindo que ele faça uma viagem de volta a sua infância, recuperando memórias de um passado sofrido, em que foi abandonado pelo pai – um homem doente e sem rumo. A restauração das horas, é uma obra que lida com as diferenças entre gerações, e que reafirma, de forma simples e bela, que a perda de um ente querido, faz parte de uma feroz, e inevitável, poesia da natureza.

A restauração das horas - Paul HardingEm uma estréia literária que valeu o Pulitzer de ficção em 2010, o autor Paul Harding, conta a história de um relojoeiro chamado George Washington Crosby, que em seu leito de morte começa a ter alucinações, e vê as paredes e o teto de seu quarto se destruírem, sendo seguidos pela queda do céu e das estrelas. Aos poucos George vai percebendo que o tempo se desprendeu do relógio, permitindo que ele faça uma viagem de volta a sua infância, recuperando memórias de um passado sofrido, em que foi abandonado pelo pai – um homem doente e sem rumo. A restauração das horas, é uma obra que lida com as diferenças entre gerações, e que reafirma, de forma simples e bela, que a perda de um ente querido, faz parte de uma feroz, e inevitável, poesia da natureza.