A Rebelião das Massas – José Ortega Y Gasset

A Rebelião das Massas – José Ortega Y Gasset

“A Rebelião das Massas”, obra prima de José Ortega y Gasset, começou a ser publicado em 1926 num jornal madrilenho (“El Sol”).
Retrata as grandes transformações do século XX, especialmente na Europa, com ênfase no processo histórico de crescimento das massas urbanas. Não se refere às classes sociais mas às multidões e aglomerações. Tendo esse contexto como pano de fundo, Ortega discute temas, aparentemente contrários entre si, mas que se fundem (ou devem fundir-se) numa unidade de sentido. E assim que contrapõe individualismo e submissão ao coletivo; comunidade, nação e estado; história, presente e porvir; homens cultos e especialistas; poder arbitrário e respeito à opinião pública; juventude e velhice; guerra e pacifismo; masculino e feminino.

“A Rebelião das Massas”, obra prima de José Ortega y Gasset, começou a ser publicado em 1926 num jornal madrilenho (“El Sol”).
Retrata as grandes transformações do século XX, especialmente na Europa, com ênfase no processo histórico de crescimento das massas urbanas. Não se refere às classes sociais mas às multidões e aglomerações. Tendo esse contexto como pano de fundo, Ortega discute temas, aparentemente contrários entre si, mas que se fundem (ou devem fundir-se) numa unidade de sentido. E assim que contrapõe individualismo e submissão ao coletivo; comunidade, nação e estado; história, presente e porvir; homens cultos e especialistas; poder arbitrário e respeito à opinião pública; juventude e velhice; guerra e pacifismo; masculino e feminino.

1 comentário em “A Rebelião das Massas – José Ortega Y GassetAdicione o seu →

Comentário está encerrados. Você não pode adicionar novos comentários.