A Quinta-Coluna – Ernest Hemingway

A Quinta-Coluna – Ernest Hemingway

Durante uma de suas viagens de observação e solidariedade na Espanha, Ernest Hemingway, debaixo de bombardeio pesado inimigo, conseguiu tempo físico e mental para escrever em Madri, a única peça teatral de toda sua obra literária. “A Quinta Coluna”, pode ser lida como uma novela dialogada e constitui, como ele próprio se dá ao cuidado de dizer em seu Prefácio – uma criação de evidente autenticidade, report de primeira mão sobre uma das fases mais negras da história da Espanha e de toda a humanidade.

Durante uma de suas viagens de observação e solidariedade na Espanha, Ernest Hemingway, debaixo de bombardeio pesado inimigo, conseguiu tempo físico e mental para escrever em Madri, a única peça teatral de toda sua obra literária. “A Quinta Coluna”, pode ser lida como uma novela dialogada e constitui, como ele próprio se dá ao cuidado de dizer em seu Prefácio – uma criação de evidente autenticidade, report de primeira mão sobre uma das fases mais negras da história da Espanha e de toda a humanidade.

1 comentário em “A Quinta-Coluna – Ernest HemingwayAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *