A propriedade é um roubo e outros escritos anarquistas – Pierre-Joseph Proudhon

A propriedade é um roubo e outros escritos anarquistas – Pierre-Joseph Proudhon

Pierre Joseph Proudhon (1809-1865) começou a trabalhar cedo numa tipografia, onde acabou conhecendo Charles Fourier, que influenciou muito em suas ideias, além de conhecer liberais, socialistas e utópicos. Em 1838, já diplomado pela faculdade de Besançon, foi para Paris. Lá publicou Qu´est-ce que la propriéte? (Que é propriedade?), em 1840.

Nessa obra acaba se afirmando como anarquista, criticando a propriedade privada. Tinha em mente que quando se explorava a força de trabalho de um semelhante por semelhante, isso se definia como roubo. Além disso, destaca que cada pessoa deve comandar os meios de produção que está utilizando.

A propriedade é um roubo e outros escritos anarquistas - Pierre-Joseph ProudhonPierre Joseph Proudhon (1809-1865) começou a trabalhar cedo numa tipografia, onde acabou conhecendo Charles Fourier, que influenciou muito em suas ideias, além de conhecer liberais, socialistas e utópicos. Em 1838, já diplomado pela faculdade de Besançon, foi para Paris. Lá publicou Qu´est-ce que la propriéte? (Que é propriedade?), em 1840.

Nessa obra acaba se afirmando como anarquista, criticando a propriedade privada. Tinha em mente que quando se explorava a força de trabalho de um semelhante por semelhante, isso se definia como roubo. Além disso, destaca que cada pessoa deve comandar os meios de produção que está utilizando.

1 comentário em “A propriedade é um roubo e outros escritos anarquistas – Pierre-Joseph ProudhonAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *